UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

20/11/2006 - 11h08
Invasão de pista em Curitiba fez Infraero atrasar vôos

Da Redação
Em São Paulo

Uma invasão de pista por cerca de 40 passageiros da empresa aérea Gol, que estavam revoltados com atrasos em seus vôos, fez com que a Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) suspendesse todos os pousos e decolagens até que as pessoas fossem retiradas, de acordo com a Agência Brasil.

Neste momento, a situação já foi contornada e, desde as 9h30, as operações aéreas voltaram a ocorrer.

Ainda segundo a Agência Brasil, os passageiros resolveram invadir a pista depois de terem passado a noite aguardando um avião que deveria pousar às 22h40 de ontem, vindo de Congonhas (SP), com destino a Foz do Iguaçu, com saída de Curitiba prevista para 23h25. Pela manhã, como não receberam informações sobre o vôo, resolveram invadir a pistas.

Segundo a assessoria de imprensa da Infraero, a queda de um raio, na tarde de domingo, interrompeu as atividades do Cindacta 2, que controla o tráfego aéreo na Região Sul. Dos 109 vôos previstos, 52 sofreram atrasos e quatro foram cancelados. A média de atraso ontem era de três horas e 14 minutos.

Diariamente passam pelo aeroporto Afonso Pena cerca de 9,7 mil pessoas.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA