UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

20/12/2007 - 11h19
Em 3 minutos, ladrões levam obras de Picasso e Portinari do Masp, em SP

Da Redação
Em São Paulo*

Três assaltantes levaram apenas três minutos para furtar as obras "O Lavrador de Café" (1939), de Candido Portinari, e "Retrato de Suzanne Bloch", de Pablo Picasso (1904), do Masp (Museu de Arte de São Paulo) na madrugada desta quinta-feira.

Câmeras do circuito interno de televisão do museu, localizado na avenida Paulista, em São Paulo, registraram o assalto, que ocorreu entre 5h09 e 5h12, de acordo com o boletim de ocorrência registrado no 78º DP, dos Jardins.

OS QUADROS
Reprodução
'O Retrato de Suzanne Bloch', do pintor Pablo Picasso...
Reprodução
... e 'O Lavrador de Café', de Candido Portinari, foram roubados
PEDIDO DE RESGATE?
ESPECIALISTAS AVALIAM
VEJA IMAGENS DESTA QUINTA
COMENTE O FURTO AO MASP
O boletim foi registrado por um engenheiro do Masp, que relatou, ainda, que foram encontrados no local objetos utilizados para arrombamento. A polícia não confirma se os assaltantes usavam armas e se o alarme do museu foi disparado ou não.

Os quadros estavam em salas diferentes do segundo andar do prédio, o que faz a polícia acreditar que os assaltantes eram especializados em arte.

Segundo informações da polícia, no momento do assalto quatro vigias estavam no prédio. Um deles chegou pelo subsolo por volta das 4h50 e subiu depois que o arrombamento já tinha ocorrido. O primeiro vigia que depôs disse não ter visto nada porque estava no andar de baixo. Durante o dia, os outros seguranças também prestarão depoimento.

Em nota à imprensa, o Masp salientou que "ao longo dos seus 60 anos de atividades nunca sofreu uma ocorrência desta natureza" e afirmou que, por isso, foi instaurada uma sindicância interna visando "a total colaboração com o trabalho policial".

A investigação corre em sigilo e a polícia anunciou que vai pedir apoio da Polícia Federal, do Itamaraty e da Interpol.

Ouvido pelo UOL, o professor João Candido Portinari, filho de Candido Portinari e diretor do projeto que leva o nome do pintor, disse que a previsão "mais razoável" é de que os quadros tenham sido seqüestrados. "É muito difícil quadros tão populares e conhecidos serem vendidos até mesmo no exterior", disse. "O mais provável é que o Masp receba um pedido de resgate."

Por conta do assalto, o museu não abrirá nos próximos dias. A assessoria de imprensa informou que o museu só reabrirá as portas depois da conclusão das investigações.

Valor inestimável

A assessoria de imprensa do museu afirma que as obras "O Lavrador de Café", de Portinari (de 100x81 centímetros) e "O Retrato de Suzanne Bloch", de Picasso (65x54 centímetros), não têm valores estimados, uma vez que nunca foram a leilão.

OS PREJUÍZOS PARA O BRASIL
Arquivo Folha Imagem
Professor de história da arte da Unicamp, Nelson Aguilar diz que museus de todo o mundo podem negar obras ao Brasil a partir de agora, por causa do roubo no Masp
LEIA MAIS
CURADOR DO MASP LAMENTA
Felipe Chaimovich, curador do MAM (Museu de Arte Moderna), explica que o quadro de Picasso era representativo da fase pré-cubista do pintor e peça fundamental de passagem para o cubismo. Ele confirma que o valor da obra é inestimável.

Gilson Pedro, professor de história da arte, acredita que os assaltantes eram altamente especializados, já que há relação entre os quadros roubados. Segundo ele, Portinari bebeu na fonte do cubismo de Picasso e ambos eram conhecidos por suas obras politicamente engajadas.

Assim como Chaimovich, Pedro destaca a importância de "O Retrato de Suzanne Bloch" no histórico de Picasso e lembra que "O Lavrador de Café" é uma obra emblemática de Portinari por relacionar a arte à história e tradição brasileiras.

O professor acredita que as obras devem sair do país. "Para nós, que já temos poucas obras-primas, é um horror", lamenta.

Histórico

No dia 29 de outubro, dois homens renderam seguranças do museu e tentaram alcançar o segundo andar do prédio, onde está exposto o acervo permanente. Na época, o alarme disparou e acusou a presença dos invasores. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), os homens saíram sem levar nada.

*Atualizada às 14h15


Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA