UOL Notícias Notícias
 

03/04/2008 - 15h44

"Sem sorte, eu e o país enfrentaremos momento muito difícil", diz Lula

Da Redação
Em São Paulo
Em discurso nesta quinta-feira na Furg (Fundação Universidade Federal do Rio Grande), no Rio Grande do Sul, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou preocupação com o cenário econômico mundial e afirmou que, se lhe faltar sorte, ele e o país enfrentarão uma "situação muito difícil".

SEM SORTE, MOMENTO SERÁ MUITO DIFÍCIL
PAC: "FRACASSO E IRRESPONSABILIDADE"
"Eu levanto todo dia pela manhã e peço a Deus que me dê cada dia mais sorte. Porque se eu tiver cada dia mais azar, eu acho que não apenas eu, mas o país entrará em uma situação muito difícil", afirmou o presidente.

Para o presidente, o momento é de inquietações e reflexões profundas sobre o Brasil. Lula ainda afirmou que é necessário um controle constante para não permitir o retorno da inflação.

"Obviamente que o projeto do Brasil não está pronto ainda. Tem muita coisa a ser feita. É preciso muito investimento, muita serenidade neste momento em que a economia brasileira está bem, mas, os sinais da maior economia do mundo, não. Não podemos ficar exagerando no otimismo. É preciso que a gente tenha um olhar de lupa a cada santo dia para não permitir que a economia de um país como o Brasil seja contaminada pela crise americana", afirmou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,70
    4,120
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h28

    0,26
    110.963,87
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host