UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

10/05/2008 - 18h00
Evo Morales acusa EUA de apoiar divisão da Bolívia

Por Carlos Alberto Quiroga

LA PAZ (Reuters) - O presidente boliviano, Evo Morales, acusou no sábado os Estados Unidos de tentar dividir seu país ao negar-se a condenar abertamente um estatuto sobre a autonomia aprovado há seis dias na rica região de Santa Cruz.

Morales disse em uma entrevista coletiva que a atitude dos Estados Unidos ficou em evidência há uma semana na Organização dos Estados Americanos (OEA), quando o representante norte-americano foi o único a se recusar a denunciar o caráter inconstitucional do autogoverno de Santa Cruz.

"Foi um (Estados Unidos) contra todos os países da América que não quis dizer que o estatuto sobre a autonomia atenta contra a legalidade", afirmou Morales, que não reconhece a validade do referendo do último domingo em Santa Cruz, em que foi aprovado o polêmico estatuto ainda que com elevada abstenção.

"Se há um defensor aberto (do estatuto) que busca a divisão da Bolívia, que não quer que se respeite a legalidade e a constitucionalidade são os Estados Unidos", disse Morales.

A resolução da OEA sobre a crise política boliviana deu seu respaldo a Morales, mas evitou condenar o referendo de autonomia de Santa Cruz, fazendo apenas uma chamada geral para o respeito à legalidade.

Morales revelou que alguns embaixadores europeus o informaram de que seus países suspenderiam a ajuda a Santa Cruz, se o distrito avançasse em seu plano separatista.

Morales também disse que não havia recebido do Congresso o projeto de lei para a convocação de um referendo revogatório sancionado na quinta-feira, que ele prometeu promulgar de imediato.

Esse referendo, proposto por Morales em circunstâncias políticas diferentes em dezembro passado, será realizado em agosto e pode colocar fim ao mandato do presidente, iniciado em janeiro de 2006.

Morales confirmou seu convite ao diálogo feito aos prefeitos de nove distritos, a maioria opositores, que serão submetidos a referendos simultâneos.

O presidente afirmou que espera um acordo para compatibilizar o projeto da nova Constituição com os estatutos de autonomia.


Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA