UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA



 Internacional

16/01/2006 - 15h10
As mortes humanas causadas pelo vírus da gripe aviária

PARIS, 16 jan (AFP) - Segue a progressão do vírus H5N1 que já matou oficialmente mais de 80 pessoas no mundo, quatro delas praticamente às portas da Europa, desde o aparecimento da doença da gripe aviária na Ásia no final de 2003.

Após afetar o sudeste asiático, onde foram registradas até agora 77 mortes humanas causadas pelo H5N1 em cinco países (Vietnã, Tailândia, Indonésia, Camboja e China), a epizootia se expandiu e sua presença já foi detectada em Rússia, Romênia, Cazaquistão e Turquia, onde quatro crianças morreram.

A primeira morte causada pelo vírus foi registrada em maio de 1997, em Hong Kong: um menino de três anos que vivia em um local onde eram criadas aves. Antes, a doença só matava animais. Cinco outras pessoas, de um total de 18 infectadas morreram em 1997 na ex-colônia britânica

Segue uma cronologia das principais mortes humanas causadas pelo vírus da gripe aviária:

-- 2003 --

- 15 de dezembro: começa a epizootia asiática com a morte de milhares de frangos perto de Seul (Coréia do Sul). Em agosto de 2004, a China reconheceu ter detectado, um ano antes, a cepa mortal da gripe aviária em porcos.

-- 2004 --

- 12 de janeiro: o Vietnã anuncia as três primeiras mortes humanas por gripe aviária. Até 6 de janeiro de 2006, o país contabilizou 42 mortes humanas causadas pelo vírus H5N1.

- 26 de janeiro: a Tailândia confirma a primeira morte humana causada pelo vírus. Até o momento, foram registradas 14 mortes em suas fronteiras.

- 27 de janeiro: a Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte que a epizootia pode ser a causa de uma pandemia humana com potencial para matar milhões se o vírus H5N1 se tornar transmissível entre pessoas após se humanizar, em decorrência de mutações sucessivas ou pela troca de genes com um vírus da gripe humana. Os países afetados entram em quarentena e sacrificam milhões de aves.

-- 2005--

- 30 de janeiro: o Camboja anuncia o primeiro caso fatal. Outras quatro pessoas morreram no país, vítimas do vírus.

- 21 de maio: a China anuncia que a morte de aves migratórias na província de Qunghai (oeste), em 4 de maio do mesmo ano, foi causada pela gripe aviária.

- 20 de julho: a Indonésia anuncia as três primeiras mortes em seu território causadas pela gripe das aves. Até o momento 11 mortes foram registradas no país e uma continua sem confirmação.

A partir do fim de julho, o vírus afeta a Sibéria russa, o Cazaquistão, a Mongólia e a Romênia.

- 8 de outubro: a Turquia anuncia que o vírus entrou em suas fronteiras e anuncia a morte de milhares de perus no noroeste do país.

- 19 de outubro: o vírus chega a 300 km ao sul de Moscou, assim como na Croácia e na Ucrânia.

- 16 de novembro: a China informa os primeiros contágios humanos do vírus e anuncia a morte de duas pessoas com a cepa H5N1. As mortes foram registradas nas regiões de Anhui e Hunan (sul). Mas as regiões de Lianoning (nordeste) e da Mongólia interior (norte) também são afetadas.

- 29 de dezembro: o gigante asiático anuncia a terceira morte pelo vírus.

-- 2006 --

- 1, 5 e 6 de janeiro: a Turquia anuncia as duas primeiras mortes causadas pelo vírus da gripe aviária em humanos, registradas na cidade de Dogubeyazit, ao leste do país. As duas vítimas - dois adolescentes - tiveram resultado positivo para exames de detecção do H5N1, tornando-se as primeiras vítimas humanas da doença fora do sudeste asiático. Uma terceira criança falece, mas não há confirmação do vínculo entre o óbito e o vírus.

- 7 de janeiro: Ancara confirma o quarto caso de contaminação pelo vírus da gripe aviária.

- 8 de janeiro: cinco pessoas têm resultado positivo nos exames. Duas crianças de Beypazari, 100 km a noroeste de Ancara, e um adulto são hospitalizados na capital turca. Outras duas crianças, originárias de Dogubeyazit, são internadas em Van, ao leste da Turquia.

- 9 de janeiro: outras cinco pessoas são infectadas na Turquia. Quatro são das províncias de Samsun, Kastamonu e Corum (norte), enquanto a quinta é procedente da província oriental de Van.

Estes dados aumentam para 14 o total de casos de contaminação pelo H5N1 na Turquia, com duas mortes confirmadas.

- 10 de janeiro: a China confirma o oitavo caso de contaminação pelo vírus da gripe aviária. As autoridades turcas anunciam, por sua vez, o 15º caso de contaminação em humanos, referente a uma mulher da cidade de Sivas (centro-leste), o segundo adulto entre os casos confirmados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) certifica que não foi constatado até o momento qualquer indício de transmissão da gripe das aves de pessoa para pessoa, já que todos os conta005 duas pessoas morreram na China com gripe das aves, aumentando para cinco o número de mortos no país vítimas do vírus H5N1.

- 12 jan: surge a 11a morte devida ao vírus na Indonésia: uma jovem mulher em contacto com a criação de aves.

Um laboratório britânico constata uma mutação isolada do vírus da gripe aviária, o H5N1, em uma criança turca morta.

- 13 jan: a União Européia anuncia que contribuirá com 80 milhões de euros (100 milhões de dólares) para a luta contra a gripe aviária em países exteriores à UE.

- 15 jan: surge um quarto caso de morte na Turquia: uma menina de 12 anos, com o irmão em estado grave em Van (leste).

- 16 jan: surge um 12o caso na Indonésia - uma adolescente de 13 anos em contato com a criação de aves. Na Turquia, onze das 20 pessoas contaminadas são consideradas em estado "estável" e cinco foram curadas. A presença da cepa H5 foi confirmada em treze províncias (de um total de 81) com suspeita de estar presente em outras 16, indica o centro de coordenação para a gripe aviária.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA