UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA



 Internacional

23/04/2007 - 13h14
Homem que passou 25 anos na cadeia declarado inocente após exame de DNA

CHICAGO, EUA, 23 abr (AFP) - Um homem de 48 anos, que passou 25 anos na prisão por um estupro que não cometeu, se converteu nesta segunda-feira no condenado número 200 a ser declarado inocente graças a um exame de DNA, anunciou a associação Innocence Project, que luta contra os erros judiciais.

Jerry Miller tinha 22 anos quando foi detido pelo seqüestro e estupro de uma mulher em Chicago em 1981. Duas testemunhas que teriam visto o agressor fugir o identificaram formalmente, assim como a vítima, durante o julgamento em 1982.

Declarado culpado, Miller foi condenado a 45 anos de prisão. Em liberdade condicional desde maio de 2006, tinha que usar bracelete eletrônico e estava sujeito às restrições e humilhações impostas aos agressores sexuais que cumpriram pena.

Porém, análises de DNA feitas no ano passado no esperma encontrado na roupa da vítima comprovaram a inocência de Miller. Nesta segunda-feira, a juíza local encarregada pelo caso aceitou a demanda de anulação do veredicto, apresentada pela defesa em acordo com a acusação.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA