UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

05/09/2007 - 09h03
Delegado que ganhou 17 vezes na loteria é demitido

Agência Estado
Em São Paulo

TIROTEIO, MORTE E APREENSÃO DE ARMA NA MADRUGADA NO RIO
Reprodução
Polícia intervém em tiroteio entre facções rivais de traficantes em favela do Rio. Uma menina de nove anos foi ferida por uma bala perdida. Com os bandidos, os policiais apreenderam uma arma com capacidade para destruir carros blindados e abater helicópteros (foto).
VEJA REPORTAGEM EM VÍDEO
POLICIAL À PAISANA IMPEDE ASSALTO
LADRÕES VESTIDOS COMO CARTEIROS
CHEFE 'ROUBA' BILHETE PREMIADO
DELEGADO: FALSA BLITZ E PRISÃO
DELEGADO BALEADO CULPA PMS
Luiz Ozilak, o delegado de polícia sortudo que em apenas três meses ganhou 17 vezes na loteria, foi demitido ontem do cargo pelo governo do Estado de São Paulo.

Ele está foragido há um ano, desde que a prisão preventiva sob as acusações de associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro foi decretada pela Justiça.

A demissão de Ozilak foi decidida pelo governador José Serra, uma semana depois de o jornal O Estado de S. Paulo ter mostrado que os processos administrativos do então delegado se arrastavam sem conclusão.

Ozilak tinha cinco processos abertos contra ele na Corregedoria da Polícia Civil, mas foi afastado por um deles. O então delegado teria registrado o Hotel Louisville (em francês, Cidade de Luís, o que, segundo a corregedoria, é uma auto-homenagem feita pelo policial) em nome de duas mulheres usadas como laranjas.

O lugar, em Juquitiba, na Grande São Paulo, foi avaliado em R$ 12 milhões. Os outros quatro processos administrativos em que Ozilak responde são por concussão, associação para o tráfico, porte ilegal de arma e abandono de serviço.

À Justiça, ele foi denunciado pelos promotores do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), depois que o Conselho de Controle de Atividade Financeira (Coaf) apontou que o então policial ganhara 17 vezes na loteria em 2001.

Ele é ainda acusado de envolvimento com uma carga de 549 quilos de cocaína transportada no avião de um sócio. A aeronave caiu no Estado do Amazonas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA