UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
GUIAS DE RAÇAS | Cães

BORZOI

Velocidade, força e inteligência são as características mais valorizadas no Borzoi, usado inicialmente na caça ao lobo, um esporte nacional russo, difícil e perigoso, promovido pela família real do país.

Ao chegar à Inglaterra, no século 19, não encontrou lobos para caçar e tornou-se um cão "decorativo" para as mansões elegantes e exposições, graças à sua beleza natural e ao temperamento dócil.

Com isso, o cão desenvolveu um corpo simétrico e de proporções perfeitas, de musculatura bem desenvolvida, cabeça ligeiramente arqueada, comprida e estreita.

O branco predomina na pelagem longa, sedosa, sem ser lanosa, lisa ou ondulada, mas outras cores também são observadas. Sua altura varia entre 71 e 79 centímetros e seu peso entre 34 e 48 quilos. Como cão de grande porte, precisa de bom espaço para se exercitar regularmente.  
É uma raça que tem boa saúde, apesar da expectativa de vida ser baixa, de 7 a 10 anos. Sua pelagem precisa de escovação e tosa apropriada e, como todo cão, visitas regulares ao veterinário. As causas mais apontadas para morte prematura são as cardíacas, gástricas e o câncer.
CUIDADOS BÁSICOS
Porte: Grande
Origem: Rússia

Curiosidade

O nome Borzoi vem do russo "rápido".

História

Os cães originais foram importados da Arábia, por volta de 1600, por um nobre russo. Depois, foram cruzados com o Collie e outros cães de trabalho na Lapônia. Na Inglaterra, um Borzoi foi dado à princesa Alexandra, em 1842.


Hospedagem: UOL Host