UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
GUIAS DE RAÇAS | Cães

DOBERMANN

Veloz, ágil e resistente, o Dobermann, de origem alemã, é um cão policial ideal para proteger residências de moradores que viajam muito. Isso ocorre porque, diferentemente das outras raças, ele tem fôlego para passar horas correndo de um lado para outro no jardim, protegendo todos os pontos da casa. Outra característica que colabora com a defesa do lar é a flexibilidade e a velocidade do Dobermann, o que contribui para o sucesso de perseguições e pulos espetaculares.

Quando o dono está em casa, no entanto, o Dobermann gosta de estar junto da família e protegê-la quando necessário. É capaz de sacrificar a própria vida em sua missão.

O sentimento de medo não existe para essa raça, que ataca sempre que se sente ameaçada. Por ser um cão desconfiado 24 horas por dia, o criador de um Dobermann deve ficar atento quando levar convidados para casa, pois o cão pode se sentir ameaçado e atacar o visitante. Ao adestrá-lo, o dono deve ser firme e enérgico, deixando os limites bem claros.

Após o nascimento de um Dobermann, o filhote demora cerca de dois meses para começar a dar sinais de seu futuro temperamento. Assim, no momento da compra, o criador que busca um cão de guarda eficiente deve ficar atento aos movimentos do
cãozinho.

É preciso observar se o filhote busca a bolinha arremessada, sinal de obediência e agilidade, e se demonstra curiosidade e atenção ao barulho de uma chave, por exemplo. Na idade adulta, tem altura de 63 a 72 centímetros e peso de 32 a 45 quilos.

Em relação aos tratos higiênicos, o Dobermann não é um cão de "frescuras". Com um pêlo liso e duro, não exige freqüentes banhos e escovações. Sua pelagem, sempre brilhante, pode ser encontrada em preto, marrom e azul, sempre com marcas castanhas.  
Como cão de guarda, deve ser criado em espaços amplos, pois necessita se exercitar. Não é recomendável tê-lo em apartamentos. Esta raça vive em média de 10 a 14 anos. Os problemas mais comuns encontrados são os cardíacos, alterações da coagulação do sangue, hipotireoidismo, câncer, catarata, atrofia progressiva da retina, displasias e doenças neurológicas. Para manter sua pelagem brilhante, basta escovação e banho regulares. Se preferir não cortar as orelhas, limpá-las semanalmente.
CUIDADOS BÁSICOS
Porte: Médio
Origem: Alemanha

Curiosidade

Com a Primeira Guerra Mundial, muitos dos melhores Dobermanns da Alemanha morreram de fome ou foram sacrificados pelos próprios donos. Em 1920, com a ocupação de tropas estrangeiras, os Dobermanns voltaram a ser comercializados para outros países.

História

Um coletor de impostos alemão, funcionário do canil local e, de quebra, também trabalhava como policial à noite, foi o criador da raça Dobermann Pinscher. Louis Dobermann, nascido em 1823 na cidade de Apolda, na Alemanha, decidiu que ele precisava de um cachorro para protegê-lo em suas rondas. Foi em 1880, cruzando várias raças, entre elas a German Pinscher, German Shorthaired Pointer, Great Dane, Weimaraner e Manchester Terrier, que Louis chegou ao animal feroz, resistente, de pêlo curto e porte médio que ele tanto procurava. O padrão oficial da raça Dobermann foi reconhecido na Alemanha em 1900.


Hospedagem: UOL Host