UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

28/08/2003 - 17h38

Mercúrio em peixe pode ser menos danoso do que se pensa, diz estudo

da Reuters, em Washington

O mercúrio armazenado na carne do peixe pode ser menos perigoso do que as pessoas acreditam, de acordo com uma pesquisa divulgada amanhã na revista "Science" (www.sciencemag.org).

"O mercúrio no peixe pode não ser tão tóxico quanto as pessoas pensam, mas há muito que precisamos descobrir antes de chegar a essa conclusão", disse o autor do estudo, Graham George, que trabalhou na Universidade Stanford. "Pode haver motivo para otimismo cauteloso."

O mercúrio é uma neurotoxina potente, especialmente danosa ao desenvolvimento de fetos, que pode causar tremores, perda sensorial e problemas na coordenação muscular, na fala, na audição e na visão, além de aumentar os riscos de doenças cardiovasculares.

Ele chega à natureza quando o lixo tóxico é queimado e suas moléculas atingem o solo e a água. O metal se armazena nos tecidos dos animais. Peixes predatórios, como o atum e o peixe-espada, podem apresentar níveis elevados do mercúrio na carne. Alguns países, como os Estados Unidos, recomendam que grávidas consumam esses peixes com moderação.

Hospedagem: UOL Host