UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

24/09/2004 - 17h01

Placa homenageia cão morto por rotweiller em São Paulo

Da Redação

Neste sábado (25), acontece em São Paulo um evento único: será inaugurada uma placa em homenagem a um cão. A solenidade é na praça Oscar Silva, Vila Guilherme, em memória do cachorro Salomão.


Salomão, na praça em que vivia
Salomão chegou à praça há três anos, desnutrido e com problemas de saúde. Waldir Macedo de Carvalho, que vive na região, decidiu adotá-lo e cuidar de sua alimentação, remédios e tratamentos. Aos poucos, Salomão conquistou também os outros moradores do bairro.

"Ele ficou tão amigo das pessoas que almoçava na casa de um e jantava na casa de outro, para não magoar ninguém", diz o comunicado sobre Salomão escrito pelos habitantes da Vila Guilherme. O cão teve um fim trágico: no dia 24 de janeiro deste ano, foi atacado e morto por outro cachorro, da raça rotweiller.

"Ficamos muito tristes com o que aconteceu. Salomão era muito estimado por todos, não merecia uma morte tão violenta. Por isso, queríamos uma maneira de sua memória não morrer também", afirma Elianne Franchella, que organizou a homenagem a Salomão. Segundo Elianne, outro objetivo é conscientizar os donos de raças consideradas perigosas sobre a posse responsável.

Um decreto estadual que entrou em vigor em São Paulo em 2004 obriga a utilização de coleira, guia curta e enforcador por cães das raças pit bull, mastim napolitano, rottweiler e american staffordshire terrier. Quem não cumprir esta lei está sujeito a multa de R$ 124,90.

Dois meses após a morte de Salomão, os moradoras da Vila Guilherme entraram com um requerimento na Subprefeitura, pedindo autorização para colocar uma placa em memória do cão na praça Oscar da Silva. O pedido, enviado junto com um abaixo-assinado, foi aceito e a consagração da placa será neste sábado (25), a partir das 10h.

Hospedagem: UOL Host