UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

26/11/2004 - 13h09

Brasil lança a primeira vacina contra leishmaniose visceral canina

Da Redação

Acaba de ser lançada no Brasil a primeira vacina do mundo contra a leishmaniose visceral canina. Desenvolvida pela empresa Ford Dodge Saúde Animal, em parceira com a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Leishmune está sendo comercializada a veterinários de áreas endêmicas.

Depois de 24 anos de pesquisa, os pesquisadores conseguiram desenvolver uma vacina que oferece entre 92% e 95% de proteção aos cães. Ela é de uso exclusivo de médicos veterinários e deve ser aplicada em cães que tiveram resultado negativo nos testes sorológicos da doença. Só podem ser vacinados cães a partir dos quatro meses de idade. Os animais devem receber três doses, administradas com intervalos de 21 dias.

A leishmaniose, ou calazar, é transmitida para o cão pela picada de um mosquito do tipo flebotomíneo - mosquito palha, birigüi ou cangalhinha - infectado com o protozoário que causa a doença. O cão picado se torna então fonte de infecção para outros mosquitos, que podem picar e infectar outros cães, causando a leishimaniose visceral canina, ou humanos, causando a leishmaniose visceral humana.

Ao lado de Bangladesh, Índia e Sudão, o Brasil concentra 90% dos casos mundiais de leishmaniose. A doença ocorre em 22 estados brasileiros. Noventa por cento dos casos são registrados na região Nordeste.

Atualmente, o Ministério da Saúde manda sacrificar os cães infectados com leishmaniose, mesmo vacinados. O Ministério alega que há dúvidas sobre a capacidade de um cão vacinado transmitir a doença para o homem ou outro animal. A Fort Dodge, por outro lado, afirma que um cachorro vacinado é incapaz de se tornar transmissor.

A empresa afirma que "a vacina tem sua eficácia comprovada, está regulamentada e vinha sendo esperada por médicos veterinários e proprietários de cães das áreas endêmicas, que testemunhavam o sacrifício de um número cada vez maior de animais, sem que a enfermidade tenha sido controlada".

Hospedagem: UOL Host