UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

15/05/2007 - 12h10

Chimpanzés fêmeas 'matam crias de rivais', diz estudo

Cientistas escoceses documentaram casos de chimpanzés fêmeas que mataram as crias de rivais da mesma espécie, em uma tentativa de proteger seu território.

Os exemplos, que, segundo os cientistas, comprovam que as fêmeas podem ser tão violentas quanto os machos, foram registrados por uma equipe da Universidade St. Andrews que trabalhava na floresta de Budongo, em Uganda.

Um aumento no fluxo de fêmeas imigrantes para a comunidade de Sonso exacerbou as tensões entre as fêmeas, que passaram a lutar pelos poucos alimentos e chimpanzés machos disponíveis.

Em um cenário que os cientistas descreveram como "circunstâncias específicas", elas passaram a brigar entre si.

Em três ocasiões, as fêmeas que já viviam na comunidade mataram chimpanzés bebês das fêmeas imigrantes.

Um dos ataques foi tão violento que a cabeça do chimpanzé bebê chegou a ser arrancada a mordidas.

Nos últimos 50 anos, segundo os cientistas, apenas três casos de violência letal de fêmeas contra crias de chimpanzés foram registrados.

O coordenador do estudo, Simon Townsend, disse que a pesquisa desafia a noção comum que divide chimpanzés entre "machos violentos e demoníacos, e fêmeas pacíficas".

"Sob determinadas condições sócio-ecológicas, essas noções de gênero entram em colapso total."

Hospedagem: UOL Host