UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

18/10/2004 - 14h30

Besouros invadem Ribeirão Bonito, em São Paulo

São Paulo, 18 out (EFE)- A cidade paulista de Ribeirão Bonito foi invadida nos últimos quatro dias por milhões de besouros que caíram sobre as propriedades e obrigaram até o fechamento da igreja, informou a administração municipal nesta segunda-feira.

A invasão dos besouros na cidade de 12 mil habitantes, situada 270 quilômetros a oeste de São Paulo, começou quinta-feira passada e se prolongou até domingo à noite, quando o número de insetos diminuiu consideravelmente.

"A fase mais crítica foi quinta-feira e sexta-feira à noite. Entre sábado e domingo o número de besouros diminuiu bastante e esperamos que por enquanto não apareçam mais", disse à EFE o chefe de gabinete de Ribeirão Bonito, Antonio Luiz Succi.

Os insetos começam a chegar ao entardecer, atraídos pelas luzes da cidade, e durante horas caem aos montes sobre Ribeirão Bonito, obrigando os habitantes a fechar portas e janelas para evitar que invadam suas casas.

Ao amanhecer, os habitantes retiram com pás e vassouras as pilhas de insetos que se acumulam em ruas, calçadas, jardins e até enchem as piscinas das casas que se encontram sem água.

Segundo Succi, é difícil calcular a quantidade de insetos que caíram nos últimos dias sobre a cidade.

A invasão de besouros, que não representam um risco para a saúde, ocorre em Ribeirão Bonito e outras localidades próximas todos os anos durante o período de reprodução dos insetos, mas nesta ocasião alcançou proporções desconhecidas, segundo a prefeitura.

Os especialistas consideram que o aumento das nuvens de besouros deste ano pode ter sido causado pelas queimadas nos canaviais da região, que mata seus predadores e alvoroça os insetos.

A economia de Ribeirão Bonito se baseia no cultivo de cana-de-açúcar, atividade que ocupa 90% das terras do município, em cujos arredores funcionam seis indústrias dedicadas à produção de açúcar e álcool.

Hospedagem: UOL Host