UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

09/12/2004 - 05h42

Governo premiará caçadores que acabarem com praga de sapos

Melbourne (Austrália), 9 dez (EFE).- As autoridades do Território do Norte anunciaram hoje, quinta-feira, a convocação de um prêmio em dinheiro para a pessoa que projetar um sistema que acabe com o "Bufo marinus", um sapo venenoso que está dizimando as colheitas de açúcar do estado.

A prova inclui uma categoria para as armadilhas e outra para quem apresentar um método para atrair os sapos, com prêmios que vão de 800 a 12.000 dólares.

As autoridades tomaram esta medida por causa do crescimento demográfico dos batráquios, que se estenderam por todo o território, incluindo os arredores de Darwin, a capital.

Segundo os meios de comunicação locais, os sapos ameaçam devastar também o Parque de Kakadu, declarado pela Unesco patrimônio da humanidade e lar de mais de 1.300 plantas, 10.000 insetos, 120 espécies de répteis e 26 espécies de morcego.

O equilíbrio de Kakadu e do restante do Território está em perigo pela rápida reprodução da espécie, cujas fêmeas podem colocar mais de 30.000 ovos por mês, enquanto os machos são sexualmente ativos em qualquer época do ano.

Os sapos, que também afetam o equilíbrio ecológico das Filipinas, Havaí, Papua Nova Guiné e de outras ilhas do Pacífico, foram importados da América do sul em 1935 para erradicar a praga de escaravelhos que afetou os canaviais de Queensland.

Hospedagem: UOL Host