UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

30/11/2006 - 14h05

Dermatologistas aprovam eficácia de baba de caracol estressado

Madri, 30 nov (EFE).- Os dermatologistas e farmacêuticos aprovaram a eficácia da baba de caracol, mas advertem que, para que os cosméticos elaborados com estas secreções possuam as propriedades regeneradoras e antioxidantes que são atribuídas a eles, estas devem ser extraídas quando o animal está estressado.

A empresa Cantabria Farmacêutica elaborou um estudo, divulgado hoje, no qual aprova as virtudes dos cosméticos elaborados com estes moluscos, mas alerta dos riscos de comprar "produtos milagrosos" relacionados com a baba de caracol.

Estes produtos, sem fundamentos científicos e apoiados em campanhas de propaganda pouco rigorosas, confundem o consumidor e os profissionais da saúde, colocando em xeque as propriedades regeneradoras e a segurança dos clientes, diz o estudo.

Segundo a empresa, os critérios de qualidade exigidos aos produtos de baba de caracol para que garantam sua propriedade regeneradora são a fonte ou o tipo de caracol, o método de extração e elaboração, os componentes da baba, o aval científico e a existência de processos que garantam sua segurança e tolerância.

Por este motivo, os especialistas afirmam que nem todos os cremes de baba de caracol são iguais.

Para que estes cosméticos sejam eficazes, devem ser elaborados com a secreção que o caracol expele ao receber estímulos externos - como radiações ou estresse mecânico - para reparar sua pele e se proteger das agressões externas, e não com a baba que o caracol desprende em seus deslocamentos.

A secreção do caracol "cryptomphalus aspersa" obtida em estado de estresse é extremamente rica em proteínas e polissacarídeos, responsáveis por sua atividade regeneradora, e não tem nada a ver com a baba que o caracol expele em seu deslocamento, que não possui atividade biológica e cuja única função é permitir sua mobilidade.

A metodologia de obtenção da baba se aperfeiçoou até chegar à situação atual, com um sistema do qual se obtém uma secreção purificada que permite preservar a vida do caracol e que foi patenteada e comercializada por esta empresa farmacêutica.

Segundo um estudo realizado em 2004 com pessoas tratadas com baba de caracol, a redução progressiva e gradual da percentagem de pacientes com rugas finas é de 26,7% e de 45,5% para as rugas grossas. Também foi identificada uma significativa redução do aspecto envelhecido por causa do sol e da secura e aspereza da pele.

Além disso, houve uma melhora nos parâmetros de lisura, firmeza, flexibilidade e hidratação.

Hospedagem: UOL Host