UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

24/01/2007 - 14h33

Fundo Econômico Mundial reconhece necessidade de reduzir emissões de CO2

Davos (Suíça), 24 jan (EFE).- O Fórum Econômico Mundial (FEM) de Davos reconheceu hoje, pela primeira vez em sua história de 36 anos, a necessidade de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) para fazer frente à mudança climática.

O aquecimento global é um dos principais debates de discussão do FEM, que de hoje e até sábado reúne nesta cidade suíça cerca de 2.400 especialistas econômicos.

Neste sentido, o presidente da Fundação das Nações Unidas, Timothy Wirth, lembrou que os diretores de muitas companhias de abastecimento energético nos EUA apoiaram a criação de um sistema para estabelecer o objetivo de redução dos gases de efeito estufa em 30% nos próximos 15 anos.

As companhias americanas General Electric, Alcoa e Duke Energy Corporation mostraram-se convencidas de que é possível reduzir a poluição relacionada ao aquecimento global sem prejudicar a economia e que, de fato, isso pode apresentar novas oportunidades de crescimento.

Wirth foi um dos negociadores do Protocolo de Kyoto do Convênio sobre Mudança Climática da ONU, que entrou em vigor em fevereiro de 2005, após ser ratificado por 55 nações.

Além disso, o diretor do Centro Yale para a Legislação Ambiental, Daniel Esty, disse que o fato de o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ter admitido na terça-feira em seu discurso do Estado da União que a mudança climática global é um desafio sério mudará as estruturas legais sobre as emissões de gases de efeito estufa.

O presidente da Duke Energy Corporation, James Rogers, afirmou que 80% dos diretores da indústria da eletricidade reconhece a necessidade de reduzir as emissões de CO2, e enfatizou a importância das energias renováveis.

Rogers previu um auge da energia nuclear nos EUA, já que é uma fonte que não produz gases estufa e considerou que, junto com o carvão limpo, são as únicas alternativas viáveis ao petróleo.

No FEM também foram consideradas as vantagens e desvantagens de implementar um imposto sobre o dióxido de carbono para obrigar os países a reduzir suas emissões, medida que poderia completar o sistema de objetivos chamado "cap-and-trade".

Hospedagem: UOL Host