UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

01/02/2007 - 11h37

Al Gore é indicado ao Nobel da Paz por seu esforço pelo meio ambiente

Copenhague, 1 fev (EFE).- Dois deputados do Parlamento norueguês indicaram o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore ao prêmio Nobel da Paz 2007 por seus esforços para incluir os problemas ambientais na agenda política internacional, segundo a edição de hoje do jornal "Aftenposten".

A socialista Heidi Sorensen e o liberal Borge Brende, cuja atividade política se centra em questões ambientais, ressaltaram o trabalho de Gore, protagonista do documentário "Uma Verdade Inconveniente", no qual alerta sobre as graves conseqüências do aquecimento global.

"Al Gore aumentou a pressão nos Estados Unidos de tal modo que o presidente (George W.) Bush se viu obrigado a dizer pela primeira vez que a mudança climática é um problema", disse Brende, que tem direito a propor candidatos ao Nobel da Paz por sua condição de deputado norueguês.

Além do ex-vice-presidente durante os dois mandatos de Bill Clinton (1993-2001), Sorensen e Brende indicaram também a ativista Sheila Watt-Cloutier, presidente de uma organização que reúne as comunidades indígenas das regiões árticas canadense e americana. Ela alertou sobre os efeitos do aquecimento global no Círculo Polar Ártico.

O Instituto Nobel da Paz de Oslo designa a cada ano os candidatos a este prêmio, que distribui pouco mais de US$ 1 milhão e é anunciado em outubro e entregue em 10 de dezembro, aniversário da morte do magnata sueco Alfred Nobel, que instituiu os prêmios em seu testamento.

O documento de Nobel estabelece que catedráticos de universidades de Direito e Ciências Políticas, parlamentares e antigos laureados de todo o mundo também podem nomear candidatos ao prêmio.

Hospedagem: UOL Host