UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

08/02/2007 - 15h59

ONU adverte que Índia pode sofrer graves conseqüências da mudança climática

Nova Délhi, 8 fev (EFE).- A diminuição das chuvas e o degelo do Himalaia são algumas das graves conseqüências da mudança climática que deverão ser enfrentadas pela Índia, advertiu hoje um representante da ONU.

O presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), Rajendra Pachauri, que participou hoje de uma jornada de debates sobre o aquecimento global, organizada pela União Européia e pelo Governo indiano, alertou sobre as "catástrofes naturais" que podem atingir o país.

Após apresentar, na sexta-feira passada, em Paris, o relatório do IPCC, no qual a Índia aparecia como um dos três grandes emissores de dióxido de carbono do mundo, Pachauri explicou que o nível das precipitações diminuirá, especialmente na África Subsaariana e no sudeste da Ásia, duas áreas que são eminentemente agrárias.

"Aquecimentos anteriores causaram altas da maré e degelos maciços", afirmou o cientista indiano, advertindo que isso seria sentido especialmente na Índia, onde grandes núcleos de população se concentram no litoral.

O presidente do IPCC disse ainda que os efeitos da mudança climática "diferirão muito de um lugar para outro", e ressaltou que a Índia é um país onde as "catástrofes naturais podem representar uma grande ameaça à civilização".

Hospedagem: UOL Host