UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16/03/2009 - 18h27

Paleontólogos descobrem dinossauro menor do que um gato

EFE

Concepção artística mostra o pequeno dinossauro, que era carnívoro e coexistiu com o gigante T. rex,

Concepção artística mostra o pequeno dinossauro, que era carnívoro e coexistiu com o gigante T. rex,

Paleontólogos canadenses anunciaram a descoberta do menor dinossauro já encontrado na América do Norte. O pequeno e feroz animal era menor do que um gato, segundo os pesquisadores Nick Longrich e Philip Currie, da Universidade de Alberta.

A espécie recém-descoberta foi batizada de Hesperonychus elizabethae. Estima-se que o pequeno dino coexistiu com o gigante Tiranosaurus rex durante o Cretáceo, há cerca de 75 milhões de anos.

A descoberta permite aos paleontólogos "redesenhar" o mapa do ecossistema na América do Norte em pleno auge da era dos dinossauros.

O dinossauro pesava apenas dois quilos, media 50 centímetros de altura e se parecia com uma versão em miniatura de seu parente bípede Velociraptor, segundo os cientistas.

Ele andava sobre duas patas e tinha garras como giletes e uma garra em forma de foice no segundo dedo. Era de constituição magra e sua cabeça também era pequena, mas possuía dentes muito afiados.

Os especialistas acreditam que ele caçava e comia tudo o que seu pequeno tamanho permitia, como insetos, mamíferos, anfíbios e mesmo filhotes de dinossauros.

Segundo os paleontólogos, o Hesperonychus possivelmente passava a maior parte do tempo buscando alimentos nas restingas e florestas que existiam na região no final do Cretáceo.

O dinossauro pertence à espécie dos Dromeossauros, que inclui o Velociraptor e o subgrupo dos Microraptors, que viveram na China há entre 120 e 125 milhões de anos.

O estudo foi publicado nesta segunda-feira (16) na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Hospedagem: UOL Host