UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

01/12/2000 - 20h02

Mergulhador encontra "fóssil vivo" na costa da África do Sul

Da Reuters
Em Pretória (África do Sul)

Quando Pieter Venter resolveu se divertir mergulhando na costa nordeste da África do Sul, em outubro, não imaginou que fosse encontrar um fóssil vivo.

"Olhei para ele cuidadosamente e, depois de cerca de seis segundos, percebi que se tratava de um celacanto", disse Venter nesta sexta-feira (1º).

O peixe nada nos oceanos há cerca de 400 milhões de anos. Acreditava-se que o celacanto estivesse extinto há 70 milhões de anos até 1938, quando um desses animais foi pescado na África do Sul e identificado pelo curador de um museu.

Venter disse ter visto três celacantos no mergulho de outubro, durante o qual chegou a 104 metros de profundidade. A descoberta foi feita em Sowana, uma baía conhecida por seus corais, propícios para a prática do mergulho.

Foi a primeira vez que um mergulhador fora de um aparelho submersível vê essa espécie em seu hábitat natural. Os celacantos foram observados a partir de submersíveis nas proximidades das ilhas Comoro, ao norte de Madagáscar.

Venter levou uma equipe de volta ao local do primeiro mergulho para tentar reencontrar os animais e filmá-los.

"A primeira vez que os vi foi como se tivesse encontrado Ovnis sem ter uma máquina fotográfica comigo", afirmou.

No dia 27 do mês passado, a equipe de Venter encontrou três celacantos e os filmou a uma profundidade de 115 metros.

"Essa descoberta sugere que esses peixes podem ser mais numerosos do que pensávamos inicialmente", afirmou o biólogo marinho Johann Augustyn.

Hospedagem: UOL Host