UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

24/12/2002 - 14h13

Cães e gatos de Israel vão usar máscaras se Iraque atacar

da Reuters, em Jerusalém

Os Cachorros e gatos de Israel já podem respirar aliviados: no caso de um ataque iraquiano com armas biológicas ou químicas ao Estado judaico, eles estarão protegidos por máscaras contra gás para animais.

Elas estarão disponíveis em diversos tamanhos para servir em gatos e cachorros de todas as variedades, de pequenos Chihuahuas aos grandalhões São Bernardos, garantiu hoje o inventor do aparato, o veterinário Rafi Kishon.

O custo das máscaras ficará entre US$ 12 e US$ 18, dependendo do tamanho. Os donos poderão também comprar doses de atropina, um antídoto para armas químicas, antibióticos para antraz e tranquilizantes para acalmar animais ansiosos.

Kishon alertou que as máscaras, feitas de um tecido especial, não foram criadas para uso prolongado, mas para a retirada dos animais de uma área contaminada por agentes biológicos ou químicos para locais seguros.

As máscaras do veterinário cobrem todo o rosto dos animais e contêm ar suficiente para vários minutos.

O governo de Israel está distribuindo máscaras contra gás para toda a população em preparação para um possível ataque com armas não-convencionais pelo Iraque.

Em 1991, durante a Guerra do Golfo (1991), o Iraque disparou 31 mísseis Scud contra Israel, mas autoridades temem que o presidente iraquiano, Saddam Hussein, possa se valer de armas químicas ou biológicas caso acredite que está à beira de ser derrubado do poder.

Hospedagem: UOL Host