UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

06/05/2003 - 19h09

Mais dois tubarões são capturados no Rio

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O estado de alerta na orla da cidade do Rio foi reforçado nesta terça-feira pelo Corpo de Bombeiros após a captura de outros dois tubarões.

Os tubarões, um da espécie mangona e um anequim, ficaram presos em redes de pesca lançadas ao mar por pescadores da Barra da Tijuca, a cerca de 1,5 quilômetro da praia.

"O Grupamento Marítimo está de olho no banhista, nas correntes marítimas e agora na superfície e atento aos tubarões", disse Marcos Aurélio Silva, do Corpo de Bombeiros e Comandante do Grupamento Marítimo do Rio.

O tubarão da espécie mangona media aproximadamente 2 metros e pesava cerca de 150 quilos, enquanto o anequim tinha 1,50 metro de comprimento e 60 quilos, segundo o Corpo de Bombeiros. A colônia dos pescadores, que pegou os tubarões, esperava vender a carne.

O coronel disse que, apesar de especialistas considerarem normal a presença de tubarões nesta época do ano na orla do Rio, sua experiência prova o contrário.

"Não queremos entrar em polêmica com especialistas. Mas pela experiência que tenho de vários anos, o que está acontecendo não é normal. Foram cinco tubarões capturados em aproximadamente 10 dias", disse ele, lembrando que na semana passada três tubarões apareceram nas praias de Grumari e Joatinga.

O tubarão capturado na praia da Joatinga foi morto a pauladas por banhistas, um ato que provocou críticas por parte de especialistas.

Segundo o coronel, a orientação do Corpo de Bombeiros é que os banhistas evitem nadar após a arrebentação. "Até que essa situação melhore, a orientação que estou dando aos salva-vidas e que estão sendo repassadas à população é que evitem nadar longe da areia", afirmou.

Hospedagem: UOL Host