UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

17/10/2003 - 19h23

Pamela Anderson pede boicote à rede de fast-food KFC

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz Pamela Anderson se uniu na quinta-feira à campanha movida por uma organização de defesa dos direitos dos animais contra a rede de fast-food KFC, pedindo ao público que boicote a franquia até que ela comece a tratar melhor os frangos que usa em suas receitas.

"Se as pessoas soubessem como a KFC trata os frangos, nunca mais comeriam uma coxinha", disse a beldade canadense, antiga estrela do seriado "Baywatch", numa carta aberta circulada pelo grupo Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta).

"O que a KFC faz com 750 milhões de frangos por ano não é civilizado nem aceitável", escreveu a atriz.

Uma porta-voz da Priszm Brandz, proprietária da KFC canadense, negou que os frangos vendidos nos restaurantes KFC sejam vítimas de maus-tratos.

"Compramos nossos frangos dos mesmos lugares que os outros restaurantes. E os proprietários de granjas canadenses levam o bem-estar dos animais muito a sério."

A Peta afirma que os frangos comprados pela KFC são drogados e sofrem abusos durante a alimentação e o abate.

Pamela Anderson não é a primeira celebridade a participar da campanha contra a KFC. Em julho, o ex-Beatle Paul McCartney, num anúncio da Peta, pediu à rede que proporcione tratamento melhor a seus frangos.

Hospedagem: UOL Host