UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

10/12/2003 - 21h10

Refúgio nos EUA luta para salvar elefantes maltratados

NASHVILLE, Estados Unidos (Reuters) - O que acontece com elefantes de circo velhinhos? Tristemente, alguns como Delhi, de 57 anos, nascida na Índia, podem não viver até o Natal.

"Estamos lutando para salvá-los", disse Carol Buckley, diretora do Santuário dos Elefantes, um refúgio perto de Nashville, no Tenessee, para elefantes velhos e doentes.

Delhi tem os pés irreversivelmente apodrecidos e queimadas químicas por colocarem formaldeído em suas feridas. Ela foi recolhida no mês passado de um comerciante de Illinois que aluga animais para circos. Autoridades federais acusaram a empresa de negligência.

Mas a elefante ainda aparenta bom humor, afirmou Buckley, brincando, passeando ao sol ou urrando no santuário.

"Ela é muito brincalhona e gentil, mas sua condição física não é muito boa. Estamos dando a ela antibióticos e analségicos, mas a recuperação é impraticável por causa da condição avançada da doença ... É óbvio que ela quer muito viver e isso ajuda."

O apodrecimento dos pés é a causa principal de morte entre elefantes cativos, disse Buckley. É provocada pelas caminhadas no concreto.

Delhi foi capturada ainda pequena e passou toda a vida em circos. Após a quarentena, se juntará a outros nove elefantes que passeiam pelo santuário de 1.100 hectares.

Hospedagem: UOL Host