UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

01/02/2005 - 10h22

Maior cidade do Vietnã exterminará patos na luta contra gripe

HANÓI (Reuters) - A maior cidade do Vietnã, Ho Chi Minh, irá sacrificar todos os seus patos numa tentativa de impedir a disseminação da gripe aviária, que voltou a se espalhar nas granjas e também entre humanos, causando 12 mortes recentemente.

A cidade ao sul do país, com 10 milhões de habitantes, é vizinha da região do delta do rio Mekong, onde ocorreu uma terceira onda da doença em dezembro.

O segundo mais ranqueado dirigente de Ho Chi Mihn, Nguyen Thien Nhan, havia dado prazo aos funcionários até domingo para que 150 mil patos fossem sacrificados, enquanto uma empresa particular irá processar 60 mil patos para consumo, afirmou uma autoridade local na terça-feira.

"Logo estaremos fazendo isso acontecer," disse a autoridade do Departamento de Saúde Animal.

A cidade tem cerca de 210 mil patos, que podem transmitir o vírus H5N1 sem apresentar sintomas. Metade é criada ao ar livre em pequenas granjas, possibilitando uma disseminação rápida do vírus.

Autoridades da saúde animal informaram na semana passada que 31 das 148 amostras tiradas de patos na cidade comprovaram a presença do vírus.

Trabalhadores da área da saúde e inspetores de mercado irão assegurar que nenhum pato seja criado localmente durante um ano e que todos os patos que forem transportados até Ho Chi Mihn serão sacrificados e queimados, informou o jornal Saigon Giai Phong.

Até o dia 31 de janeiro, o vírus H5N1 havia causado a morte ou o sacrifício de mais de um milhão de aves domésticas em 31 das 64 províncias vietnamitas, afirmou o Ministério da Agricultura.

No ano passado, a epidemia destruiu 17 por cento dos estoques de aves domésticas, que eram de 250 milhões.

A maior parte das vítimas humanas contraíram o vírus de aves infectadas, mas especialistas temem que ele possa passar a ser facilmente transmitido entre humanos, desencadeando uma pandemia global de gripe aviária que poderia resultar na morte de milhões de pessoas.

Hospedagem: UOL Host