UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

27/03/2007 - 12h35

Zimbábue quer controlar grande aumento na população de elefantes

HARARE (Reuters) - O Zimbábue planeja controlar através de seleção a crescente população de elefantes para limitar o prejuízo ao meio ambiente e reduzir o conflito com humanos, noticiou a mídia estatal na terça-feira.

A notícia surgiu depois que um elefante esmagou e matou uma mulher e sua filha de 10 anos no sábado. Os animais também entram com frequência em vilas, destruindo plantações e propriedades.

Os parques e autoridades da vida selvagem do país dizem que a população de elefantes passou dos 100 mil, mais de duas vezes os 45 mil que o Zimbábue pode suportar.

"Estamos tendo uma explosão da população de elefantes", disse o porta-voz da autoridade da vida selvagem, Edward Mbewe, segundo o jornal Chronicle. "Isso provou ser destrutivo ao meio ambiente e há mais casos de humanos enfrentando invasões e ataques de elefantes."

Os planos de selecionar os elefantes enfrentam oposição de grupos de conservação locais, que questionam os dados oficiais, afirmando que o governo não realiza uma auditoria da vida selvagem há quase sete anos.

Mbewe afirmou que o plano será realizado dentro da cota anual de caça do país, de 500, permitido segundo a Convenção de Comércio Internacional de Espécies em Perigo de Extinção. O Zimbábue recebe cerca de 15 milhões de dólares por ano com a caça de elefantes.

(Por Nelson Banya)

Hospedagem: UOL Host