UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

21/05/2007 - 14h00

Milhares se engajam para salvar búfalo sagrado no País de Gales

LLANPUMSAINT, País de Gales (Reuters) - Quase 10 mil pessoas assinaram uma abaixo-assinado online em apoio à campanha de um templo hindu no País de Gales para salvar um búfalo sagrado condenado à morte por ter tido um exame positivo para tuberculose bovina.

Participantes do templo, perto da cidade de Carmarthen, planejaram formar uma corrente humana na segunda-feira para impedir que autoridades de saúde levem Shambo, o búfalo de seis anos que segundo as autoridades é um perigo em potencial para humanos e animais.

Mas Shambo, cujo nome significa fornecedor de alegria, ganhou um alívio na semana passada depois que o governo regional disse que a ordem de matá-lo permanece válida, mas que estava avaliando as questões "envolvendo este caso bastante delicado".

Segundo o chefe do templo, em último caso os defensores do templo vão defender a vida de Shambo com a sua própria vida.

"Não podemos permitir a morte de Shambo mais do que a de um ser humano", disse Swami Suryananda.

Ele explicou que o templo está pensando em adotar uma medida legal, mas que isso seria um último recurso. "Esperamos muito que exista uma boa vontade política para encontrar uma solução".

A política do governo galês e do Departamento de Meio Ambiento e Questões Rurais britânico é matar o gado que teste positivo para tuberculose bovina.

Entretanto, a Comunidade dos Muitos Nomes de Deus acredita na santidade inerente de todas as formas de vida. Fundada em 1973, ela também dirige um albergue de caridade, e nenhuma das centenas de aves e animais do complexo, incluindo cervos, cisnes negros e elefantes asiáticos, jamais foi morto.

Hospedagem: UOL Host