UOL BichosUOL Bichos
UOL BUSCA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

06/07/2007 - 12h15

China instrui bancos a não emprestarem para grandes poluidores

PEQUIM (Reuters) - Na mais recente tentativa do governo chinês de melhorar o péssimo desempenho do país no setor ambiental, o banco central instruiu na sexta-feira as instituições financeiras da China a pararem de conceder empréstimos para projetos responsáveis por provocar muita poluição ou desperdiçar energia.

O Banco Popular da China conclamou os bancos do país a perceberem a "importância e a urgência" de usar os serviços financeiros para promover o desenvolvimento sustentável.

Em um comunicado divulgado em seu site, www.pbc.gov.cn, a entidade instruiu os bancos a exigirem o pagamento de empréstimos de e a não concederem novos créditos para projetos considerados indesejáveis pelo governo. E também instruiu os bancos a diminuírem os empréstimos concedidos para setores sobrecarregados.

O gasto racional de energia e a proteção ao meio ambiente vêm ganhando destaque na agenda política da China, onde cerca de 460 mil pessoas morrem prematuramente a cada ano devido à poluição do ar e da água, segundo estimativas do Banco Mundial.

O chefe da Agência Estatal de Proteção ao Meio Ambiente (Sepa), Pan Yue, advertiu nesta semana que o modelo tradicional de crescimento do setor industrial da China havia empurrado o meio ambiente para "limites quase intoleráveis."

O banco central disse que trabalharia junto com a Sepa para lançar novas políticas de proteção ambiental.

Hospedagem: UOL Host