UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 Brasil

12/06/2007 - 19h04
UOL anuncia criação do cargo de ombudsman

Da Redação

O UOL acaba de anunciar a criação do cargo de ombudsman. O objetivo principal da nova função será receber, investigar e encaminhar as queixas e sugestões dos internautas em relação à qualidade, acuidade e isenção dos conteúdos e serviços, jornalísticos ou não, oferecidos pelo portal. O ombudsman deve trabalhar de forma independente e isenta. O objetivo da empresa é fortalecer a base que sustenta o slogan "UOL, o melhor conteúdo". A jornalista Tereza Rangel, 40, com passagens por jornais, revistas e nos últimos anos à frente da área noticiosa do portal, será a primeira ombudsman do UOL. Ela assume a função no próximo dia 2 de julho.

"Ao criar o cargo de ombudsman, o UOL demonstra disposição em tratar com toda a transparência e de forma pública seus problemas e deficiências. Acreditamos que admitir e enfrentar os problemas é a maneira mais objetiva de corrigi-los", diz Márion Strecker, diretora de conteúdo do UOL. "Em 2004, o UOL adotou de forma pioneira um modelo de crítica independente diária da edição, que esteve sob responsabilidade do jornalista Graciliano Toni. No ano passado, a crítica diária adquiriu a forma de um blog, mas ainda sem grande dimensão pública. Agora, o UOL entra em uma nova fase", diz a diretora.

"Para mim, será muito enriquecedor trocar a posição de quem fala para o público pela posição de quem ouve a voz do internauta. Estou muito animada e, ao mesmo tempo, um tanto ansiosa diante do enorme desafio de ser a representante dos interesses dos internautas do UOL", diz Tereza Rangel.

A atuação da ombudsman será voltada, principalmente, às questões éticas e de conteúdo, como mediadora entre o público e o portal. A função não visa a substituir o atendimento individual e 24 horas, sete dias por semana, prestado pelo SAC, Serviço de Atendimento ao Consumidor, que atende o assinante do UOL e tira suas dúvidas sobre os serviços prestados pela empresa.

Para quem não sabe, ombudsman é uma palavra sueca que significa representante do cidadão. Surgiu em 1809, para designar o defensor dos cidadãos ameaçados pelo Parlamento. Num sentido ampliado, seguiram-se ombudsmans em empresas, universidades e hospitais. Em 1967, um jornal norte-americano, no Estado de Kentucky, indicou seu ombudsman, iniciando a prática em órgãos de imprensa. Bem antes disso, porém, em 1922 o jornal japonês Asahi Shimbun criou um comitê para receber e investigar reclamações dos leitores. Na América Latina, o jornal Folha de S.Paulo foi o primeiro a ter um ombudsman, a partir de 1989.

Tereza Rangel nasceu em Curitiba em agosto de 1966. É jornalista formada pela ECA (Escola de Comunicações e Artes) da USP e finaliza seu MBA em gestão empresarial pela FGV. Teve passagens pela Editora Abril, O Estado de S. Paulo e Folha de S.Paulo, onde foi redatora, repórter, correspondente em Buenos Aires e coordenadora da Agência Folha. Está no UOL desde 1999, onde seu último cargo foi de gerente geral de conteúdo editorial.



Folha Online Brasil
Dilma adota cautela; tucano atribui a Lula crescimento
Folha Online Cotidiano
Continuam as buscas pelas vítimas do naufrágio no DF
Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Empregos
Metrô de São Paulo seleciona profissionais para formação de um cadastro de reserva
UOL News Brasil
Ministra Marina Silva entregou os pontos, analisa Lucia Hippolito