UOL Notícias Ciência e Saúde
 

12/02/2010 - 12h49

Médico nem sempre prioriza incômodo mais urgente do paciente, diz estudo

Por Roni Caryn Rabin
  • Em quase um terço dos casos, as três maiores preocupações do médico não incluem a principal prioridade do paciente, segundo a pesquisa

    Em quase um terço dos casos, as três maiores preocupações do médico não incluem a principal prioridade do paciente, segundo a pesquisa

A pressão alta costuma ser uma grande prioridade para médicos. Porém, dores e depressão podem ser mais urgentes para seus pacientes.

Um novo estudo, que entrevistou médicos e seus pacientes – com diabetes e pressão alta –, descobriu que, na maioria das vezes, eles concordam em pelo menos um ou dois dos problemas de saúde mais importantes que afligem o paciente.

Contudo, em quase um terço dos casos, as três maiores preocupações do médico não incluem a principal prioridade do paciente, segundo a pesquisa, especialmente se aquele item for dor ou depressão, disse Donna M. Zulman, pesquisadora do Veterans Affairs e principal autora do estudo.

O trabalho foi publicado online no dia 2 de fevereiro no Journal of General Internal Medicine.

“A má notícia é que a probabilidade da concordância geral diminuía quando o paciente estava mal de saúde”, afirmou Zulman, que também é residente do programa Robert Wood Johnson Clinical Scholars, da Universidade de Michigan. Enquanto os médicos focam na diabetes e na pressão alta por suas graves complicações no longo prazo, disse ela, “pacientes com a saúde debilitada têm mais chances de priorizar sintomas que apresentam no dia a dia”.

As descobertas podem refletir uma falta de conhecimento sobre a importância de os diabéticos controlarem sua pressão sanguínea, disse Zulman, acrescentando que a mensagem aos pacientes é que eles devem se comunicar de forma clara e “não supor que seu médico compartilha de suas prioridades”.
 

Calculadoras

Massa corporal e gasto calórico

m

kg

Sexo

anos

* Os campos "Altura" e "Peso" são obrigatórios

* Esta avaliação não dispensa a orientação de um profissional de saúde. Procure um médico.

Hospedagem: UOL Host