UOL Notícias Ciência e Saúde
 

24/03/2010 - 18h45

Poluente aumenta pressão arterial de controlador de tráfego em São Paulo

Da Redação*

Uma pesquisa revela que controladores de tráfego, conhecidos como "marronzinhos", têm a pressão arterial aumentada por causa da exposição aos poluentes emitidos pelos veículos. Os dados para o estudo foram obtidos na cidade de Santo André, na região do ABC, em São Paulo.

O estudo, de autoria do arquiteto Paulo Chiarelli, teve orientação dos professores Lourdes Conceição Martins, da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) e Celso Ferreira Filho, da Faculdade de Medicina do ABC.

Participaram do experimento 19 homens, entre 30 e 50 anos, sem hipertensão arterial, obesidade, tabagismo, e alcoolismo. Pela manhã, antes da jornada de trabalho, foi colocado um Monitor Ambulatorial de Pressão Arterial (Mapa), em cada controlador de tráfego, obtendo-se mensurações durante as 24 horas do dia.

A partir do monitoramento, encontrou-se uma associação entre o nível de poluentes e o aumento da pressão sistólica e diastólica (ou pressão máxima e mínima). 

De acordo com Chiarelli, os níveis de poluentes em Santo André registrados pela pesquisa são inferiores aos registrados na cidade de São Paulo, dentro dos limites aceitos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e a Companhia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

O arquiteto ressalta que a associação entre doenças cardiovasculares e exposição a poluentes não é apenas um problema de saúde pública, mas também de urbanismo. “O grande aumento do número de veículos nas ruas movimenta a economia, mas o ganho pode ser anulado pelas despesas com o tratamento de doenças associadas aos poluentes”, destaca.

*Com informações da Agência USP de Notícias
 

Calculadoras

Massa corporal e gasto calórico

m

kg

Sexo

anos

* Os campos "Altura" e "Peso" são obrigatórios

* Esta avaliação não dispensa a orientação de um profissional de saúde. Procure um médico.

Hospedagem: UOL Host