UOL Notícias Ciência e Saúde
 

26/09/2007 - 10h52

Fundo mundial anti-Aids e malária espera reunir 8 bilhões de dólares

Da AFP
Em Berlim
Uma conferência mundial começou nesta quarta-feira em Berlim para tentar reunir 8 bilhões de dólares destinados ao Fundo Mundial de luta contra o Aids, a tuberculose e a malária.

Representantes de cerca de 30 países assistem a esta conferência de dois dias para discutir a elaboração de um programa piloto para o Fundo durante o período 2008-2010, com a esperança de reunir entre sete e oito bilhões de dólares.

A conferência começou com a assinatura de uma nova iniciativa que busca reverter parte das dívidas contraídas por diferentes países para o Fundo mundial.

A Alemanha renunciou assim a uma soma de 50 milhões de euros que a Indonésia lhe devia depois que este país se comprometeu a dedicar a metade ao Fundo mundial.

"A luta contra a pobreza mundial e as doenças ligadas à pobreza são um dever para os países ricos", afirmou a ministra alemã do Desenvolvimento Heidemarie Wieczorek-Zeul, que considerou que a nova iniciativa representa "um ganho para todas as partes envolvidas".

O presidente do Fundo mundial, Michel Kazatchkine, destacou este acordo, considerando que "é a primeira vez que dívidas bilaterais são revertidas em benefício de um fundo multinacional".

Calculadoras

Massa corporal e gasto calórico

m

kg

Sexo

anos

* Os campos "Altura" e "Peso" são obrigatórios

* Esta avaliação não dispensa a orientação de um profissional de saúde. Procure um médico.

Hospedagem: UOL Host