UOL Notícias Ciência e Saúde
 

05/12/2007 - 17h57

Descobertos em Jerusalém restos de palácio de 2.000 anos

Da AFP
Em Jerusalém
Arqueólogos israelenses anunciaram nesta quarta-feira a descoberta de vestígios de um palácio do século I d.C., em um bairro de Jerusalém Oriental, ao pé das muralhas da antiga cidade.

A estrutura, descoberta no subúrbio palestino de Silwan, é "relativamente grande e dividida em salas principais", disse à imprensa o diretor das escavações, Doron Ben Ami.

Também foram encontradas moedas que datam da época do segundo templo judeu destruído no ano 70 pelos romanos.

Segundo Ben Ami, existem "muitas possibilidades" de que a estrutura descoberta seja um palácio construído pela rainha Helena da Mesopotâmia (ao norte do atual Iraque), que se converteu ao judaísmo e se instalou em Jerusalém até o ano 40 da Era Cristã.

"A estrutura foi destruída no ano 70, no ano da destruição de Jerusalém pelos romanos", afirmou Ben Ami.

As escavações foram feitas sobre um estacionamento da "cidade de Davi", a antiga Jerusalém, no atual subúrbio de Silwan, em Jerusalém Oriental.

Os palestinos, que desejam transformar Jerusalém Leste na capital de seu futuro Estado, acusam Israel, regularmente, de se aproveitar dos projetos arqueológicos para reforçar sua presença na área e confiscar terrenos palestinos.

Calculadoras

Massa corporal e gasto calórico

m

kg

Sexo

anos

* Os campos "Altura" e "Peso" são obrigatórios

* Esta avaliação não dispensa a orientação de um profissional de saúde. Procure um médico.

Hospedagem: UOL Host