UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

18/09/2009 - 18h57

NYT: Nicotina ou cocaína - qual causa mais dependência?

C. Claiborne Ray
The New York Times
Pergunta: a dependência de nicotina é mais forte que a de cocaína?

Acredita-se que as duas dependências envolvem rotas cerebrais similares. Segundo um estudo, a ânsia por ambas as drogas foi reduzida pela mecamilamina, uma droga usada para bloquear os efeitos de "recompensa" da nicotina.

Porém, um estudo de 2006, publicado no jornal "Addiction" por Jack E. Henningfield, pesquisador do Instituto Nacional de Abuso de Drogas dos Estados Unidos, examinou a força das dependências através de várias medidas e concluiu que a dependência de nicotina não pode ser considerada mais forte que a de cocaína.

Todas as drogas estimulam a liberação do neurotransmissor dopamina. Acredita-se que ele esteja envolvido na produção de sensações de prazer e recompensa, e também na ânsia por consumir a droga quando ela é retirada. A nicotina, assim como a cocaína, ativa células nervosas no sistema mesolímbico cerebral, que contêm dopamina.

No estudo comparativo da dependência de ambas as drogas, os pesquisadores consideraram várias linhas de evidência - incluindo padrões de uso, mortalidade e potencial para dependência física - e descobriram que, apesar de as duas drogas apresentarem alto poder de dependência, os indícios atuais não mostram que a nicotina é mais "viciante" que a cocaína. Para ambas, afirma o estudo, os padrões de uso e a dependência são altamente influenciados por fatores como disponibilidade da droga, preço, regulamentações e pressões sociais, assim como características farmacológicas.

Tradução: Gabriela d'Avila
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter

Hospedagem: UOL Host