UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

10/10/2009 - 08h00

Saiba quais os nutrientes essenciais em cada fase da vida

Chris Bueno
Especial para o UOL Ciência e Saúde
Quantos anos você tem? Essa pergunta, que pode ser considerada muito indiscreta por algumas pessoas, na verdade é fundamental para determinar uma alimentação saudável.

Cada faixa etária possui diferentes necessidades nutricionais. Um bebê, por exemplo, precisa de uma dieta que garanta seu desenvolvimento e crescimento adequado. Um adolescente possui uma demanda diferente de energia, e o corpo passa por mudanças rápidas que exigem diferentes quantidades de nutrientes e vitaminas. Já pessoas em idade mais avançada precisam de uma dieta que ajude a repor a energia, fortaleça os ossos e evite aparecimento (ou agravamento) de doenças.

Arquivo Folha Imagem
Mulheres adultas devem consumir ferro
e cálcio, pois são mais suscetíveis a desenvolver anemia e osteoporose
NUTRIENTES PARA CADA FASE DA VIDA
ALIMENTAÇÃO NA INFÂNCIA
HÁBITOS DE ADOLESCENTE
CUIDADOS NA IDADE ADULTA
DIETA DURANTE A GRAVIDEZ
NUTRIÇÃO NA MATURIDADE
A atenção ao cardápio é uma receita garantida para uma vida saudável e longa. "Crianças e adolescentes estão deixando de consumir alimentos saudáveis e nutritivos para consumir itens altamente calóricos, ricos em gordura e pobres em vitaminas e minerais. Isso vem gerando uma série de doenças que antes não eram comuns nesta faixa etária, como hipertensão, colesterol alto e obesidade. Já se sabe que crianças obesas têm mais chances de se tornarem adultos obesos.", alerta a nutricionista Michelle Ferreira de Simone.

Na lista negra para todas as idades estão os embutidos como salsicha, linguiça e salame, que são ricos em sódio e conservantes; frituras e doces, como hambúrgueres, salgadinhos, bala, chocolate e bolachas recheadas; e também sucos industrializados e refrigerantes, que são ricos em açúcar e pobres em nutrientes. Esses alimentos não são proibidos, mas seu consumo deve ser bastante limitado.

Alimentação não é somente o que se come, mas também como se come e o quanto se come. Comer em pé, apressadamente, pular refeições e não respeitar horários são atitudes que comprometem uma nutrição adequada e, consequentemente, uma vida saudável. "Comer devagar, mastigar os bem os alimentos e fracionar a alimentação (para cinco a seis refeições por dia) são critérios essenciais que devem ser seguidos", explica Silmara Rodrigues Machado, nutricionista clínica do Hospital Sírio Libanês.

Adequar o cardápio a cada faixa etária não é difícil. Basta estar conhecer as principais mudanças que acontecem no organismo em cada estágio e fornecer o que ele precisa. Não significa limitar as refeições a determinados nutrientes, mas sim em garantir o consumo de vitaminas, proteínas e minerais que são necessárias para um bom desenvolvimento em todas as etapas da vida.

Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter

Hospedagem: UOL Host