UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

02/04/2007 - 12h22

Mulheres com mais de 40 não precisam de mamografia anual, diz estudo

SAN FRANCISCO, EUA, 2 abr (AFP) - As mulheres com mais de 40 anos não teriam necessidade de passar todos os anos pelos exames para detectar câncer de mama, como as dolorosas mamografias, afirma uma equipe de cientistas do American College of Physicians em uma série de recomendações publicadas nesta segunda-feira.

A decisão de recorrer a uma mamografia para mulheres entre 40 e 49 anos deveria ser tomada considerando-se cada caso, afirmam os médicos, que levaram em conta as vantagens e desvantagens deste exame.

No jornal Annals of Internal Medecine, onde foi publicado este trabalho, os pesquisadores recomendam que as pacientes de mais de 40 anos sejam informadas sobre as vantagens e incovenientes do exame para que possam decidir fazê-lo ou não, de acordo com seu perfil.

"Não dizemos que as mulheres não devem realizar manografias", explicou o dr. Douglas Owens, pesquisador do Veterans Affairs Health Care System, de Palo Alto (Califórnia) e presidente do comitê realizador das recomendações. "Nosso principal conselho é que as mulheres tomem uma decisão depois de discutir a questão com seu médico".

A American Cancer Society recomendou no ano passado que, depois dos 40 anos, as mulheres realizem todos os anos uma mamografia.

Por sua parte, o American College of Obstetrics and Gynecology recomenda o exame a cada ano ou dois anos para esta faixa de idade.

Um total de 25% dos câncer de mama são diagnosticados nas mulheres com menos de 50 anos, segundo o American Cancer Society.

Entre os 40 e 49 anos, o risco de contrair a doença é de 1% para as mulheres que não têm um perfil de risco e 6% para quem tem, em função da história clínica familiar e da idade do primeiro filho.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter