UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

02/07/2007 - 18h56

Segredo de ave que cruzou os Pampas argentinos é revelado

CHICAGO, EUA, 2 Jul 2007 (AFP) - Um pássaro que cortava os céus dos Pampas argentinos há seis milhões de anos, do tamanho de um moderno aeroplano e com mais de 65 quilos, sempre intrigou os paleontólogos, que, durante séculos, se questionaram como esta ave, a maior do mundo, conseguia pegar impulso e manter-se no ar.

Mas agora um estudo divulgado nesta segunda-feira por cientistas americanos sugere que o extinto Argentavis magnificens era basicamente um pássaro planador, que aproveitava as correntes ascendentes de ar mais quente.

"Depois que se lançava em vôo, não havia problema. Podia viajar 200 milhas (320 km) em um dia", explicou Sankar Chatterjee, professor de geologia da Tech University e do Museu do Texas em Lubbock, principal autor do estudo.

Chatterjee e uma equipe de pesquisadores analisaram a aerodinâmica da ave pré-histórica introduzindo informações sobre seus parâmetros num programa informatizado de simulação de vôo.

A análise mostrou que o pássaro, como a maior parte das aves terrestres voadoras, era muito grande, mas que podia elevar-se eficientemente, alcançando velocidades de até 108 km/h nas condições corretas.

Como os modernos condores, o Argentavis se apoiava para pegar vôo nas correntes ascendentes de ar quente dos Andes, ou em colunas ou bolsas de ar ascendente sobre os verdes pampas argentinos, onde caçava suas presas.

Embora tivesse um comprimento de quase seis metros, seu raio de rotação de 28 metros era suficientemente curto para permitir que se mantivesse dentro de uma corrente de ar enquanto se elevava para, por exemplo, buscar a presa.

"A parte mais difícil era lançar-se em vôo", disse Chatterjee. "Provavelmente usava algumas das técnicas utilizadas pelos pilotos de asa delta, como correr em um terreno inclinado para obter impulso ou energia, ou correr com o vento a favor", acrescentou.

O estudo foi publicado nos anais da Academia Nacional de Ciências.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter