UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

18/07/2007 - 14h35

Dilúvio separou ilhas britânicas do continente, diz estudo

Da AFP, em Paris
O Reino Unido se separou da Europa continental há centenas de milhares de anos devido a uma inundação catastrófica ocasionada pelo afundamento de uma represa natural, segundo um estudo publicado nesta semana na revista "Nature".

Ao analisar um mapa em 3D do canal da Mancha, um grupo de pesquisadores do Imperial College de Londres constatou no fundo do mar a presença de um vale gigantesco, de dezenas de quilômetros de largura e cerca de 50 metros de profundidade.

Graças à utilização de sonares, foram notados vários elementos sugerindo que se produziu uma erosão causada pela passagem brutal de uma enorme quantidade de água.

Anteriormente, ao norte do que agora é o canal da Mancha e hoje representa a parte meridional do mar do Norte, havia uma represa natural conhecida pelo nome de Weal-Artois. Sua ruptura, que aconteceu entre 450 mil e 200 mil anos, havia provocado durante vários meses o fluxo de grandes quantidades de água, estimado em um milhão de metros cúbicos por segundo, de acordo com o estudo.

Essa torrente gigantesca teria inundado toda uma região e modificado a rede de rios da região, como o Rhin e o Tâmisa, segundo os pesquisadores.

A migração de populações humanas até a Europa se viu dificultada por esse fenômeno, que teria criado uma barreira que explica por que o homem não havia chegado até a Inglaterra há 100 mil anos.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter