UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

16/08/2007 - 19h52

Descobertos na França restos de embarcação de 2.000 anos

Da AFP, em Marselha
Os restos de uma embarcação galo-românica de cerca de 2.000 anos e com quase 30 metros de comprimento foram descobertos no leito do rio Ródano na cidade de Arlés (sul da França) em explorações arqueológicas, anunciou nesta quinta-feira o responsável pelos trabalhos.

O barco, uma balsa romano-céltica, foi encontrado quando o departamento de Investigações Arqueológicas Subaquáticas e Submarinas (DRASSM) fazia explorações prévias à construção de um porto.

"Foram retiradas amostras da madeira, que seguiram para o laboratório para serem datadas por carbono 14 (...) À espera dos resultados, a datação do século I ou II descansa sobre o material cerâmico e as ânforas encontradas em contato com os restos (da nave), mas sobretudo por sua forma e método de construção", explicou à AFP o diretor do DRASSM, Luc Long.

"Os trabalhos foram feitos com muito pouca visibilidade, de 15 a 20 cm, mas se acredita que o barco esteja inteiro e em muito bom estado de conservação", afirmou.

"Ainda não sabemos em que lugar do Ródano o navio foi construído, mas se sabe que a cidade de Arlés era dotada de estaleiros na Antigüidade. Permitiram a Julio César construir rapidamente 12 galeras, quando decidiu cercar Marselha, no ano 49 a.C.", acrescentou o arqueólogo.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter