UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

07/08/2007 - 10h32

Reino Unido confirma novo foco de febre aftosa

BBC Brasil
Autoridades sanitárias do Reino Unido confirmaram nesta terça-feira um novo foco de febre aftosa em outra fazenda do condado de Surrey, no sul da Inglaterra.

O secretário de Estado britânico para Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais, Hilary Benn, confirmou que as cerca de 100 vacas que foram sacrificadas na segunda-feira depois de apresentarem sinais da doença estavam infectadas.

O segundo foco foi descoberto dentro da zona de proteção de três quilômetros ao redor da fazenda onde o primeiro foco foi identificado.

Em entrevista à radio da BBC nesta terça-feira, Benn disse que a última descoberta "mostra os benefícios das medidas que tomamos para evitar que aftosa se espalhe".

Laurence Matthews, proprietário das terras onde foi encontrado o segundo caso da doença, disse que o fazendeiro que teve os animais sacrificados "estava muito abalado".

"Muitos fazendeiros estão com muito medo, e todas as atividades nas fazendas estão paralisadas", disse Matthews.

Inundações

Na segunda-feira, Hilary Benn disse que os casos de aftosa podem estar relacionados às recentes inundações causadas por chuvas fortes na Inglaterra.

As investigações em andamento suspeitam que água contaminada com o vírus tenha vazado de um laboratório próximo ao local e escoado para a fazenda de Wolford, onde o primeiro foco de aftosa apareceu.

No último sábado, o Reino Unido a proibiu todas as exportações de animais e produtos animais.

A chefe dos serviços veterinários da Inglaterra, Debby Reynolds, disse que está estudando a possibilidade de vacinar o rebanho sadio e que 330 mil doses de vacinas já foram encomendadas a uma empresa farmacêutica.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter

Hospedagem: UOL Host