UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

03/12/2007 - 18h18

Jovens chimpanzés têm melhor memória que humanos adultos, diz estudo

Da Efe
Em Washington
Os chimpanzés de cinco anos têm melhor memória fotográfica que os estudantes universitários, revelou hoje um estudo da revista "Current Biology" que poderia acabar com a idéia da superioridade humana em todas as funções cognitivas.

O estudo, realizado por uma equipe de pesquisa sobre primatas da Universidade de Kyoto (Japão), pode evidenciar que durante anos foi subestimada a capacidade intelectual dos antepassados mais próximos à raça humana.

"Aqui mostramos pela primeira vez que os jovens chimpanzés têm uma extraordinária capacidade para trabalhar com a memória numérica, melhor que a da de humanos adultos que foram submetidos aos mesmos testes", disse o autor do estudo, Tetsuro Matsuzawa.

A equipe de cientistas da universidade fez uma série de testes em três grupos de chimpanzés - compostos por mães e filhotes de cinco anos - que competiam com estudantes universitários na realização de exercícios de memória numérica.

Todos os chimpanzés, mães e filhos, aprenderam previamente a contar de um a nove.

O experimento consistia em mostrar aos diferentes atores da pesquisa vários números de um a nove em uma tela. Posteriormente, os números foram substituídos por uma casinha em branco e os participantes da prova tiveram de marcar por meio de uma tela sensível ao toque qual número aparecia, e em qual ordem.

Os chimpanzés jovens conseguiram memorizar a maioria dos números, independentemente do tempo que estes apareciam na tela, que era menor à medida que avançava a prova.

No entanto, segundo os cientistas, no caso dos estudantes universitários os resultados foram piores quanto menor era o período de tempo que o número aparecia na tela.

Segundo Matsuzawa, no caso dos chimpanzés ocorre algo parecido com a chamada "memória fotográfica", capacidade que algumas crianças possuem e que tende a piorar com a idade.

Os resultados do estudo são surpreendentes, principalmente para aqueles que consideram que os chimpanzés são inferiores aos humanos em todas as capacidades cognitivas.

Os cientistas asseguram que isto é apenas a ponta do iceberg.

"Trata-se só de uma parte da inteligência dos jovens chimpanzés, que é muito flexível", disse Matsuzawa.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter