UOL Ciência e SaúdeUOL Ciência e Saúde
UOL BUSCA

29/11/2007 - 12h11

Sal combate doença causada por brometo de sódio em Angola

Da Lusa
Em Luanda
O Ministério da Saúde de Angola e a Organização Mundial de Saúde (OMS) vão entregar nesta quinta-feira à administração municipal do Cacuaco duas toneladas de sal para distribuir às populações em risco de contaminação com brometo de sódio.

Desde 15 de outubro, data em que foram registrados os primeiros casos, as populações do município de Cacuaco foram afetadas por uma doença que inicialmente ninguém conseguia explicar. Foram registrados mais de 400 casos,

A doença, que as autoridades acreditam ter origem no envenenamento por brometo de sódio, apresenta como sintomas fraqueza, sonolência, tonturas, vertigens e dificuldades em andar e falar.

Segundo a OMS, a distribuição de sal de cozinha visa a substituição de todo o brometo de sódio, que é usado pelas populações na alimentação.

Na semana passada, a OMS anunciou que a doença está a ser causada pelo consumo de sais de brometo de sódio, responsáveis por um quadro referido como síndrome neurológico agudo.

Peritos da OMS, especialistas para as áreas de toxicologia clínica, epidemiologia e saúde ambiental, estiveram cerca de duas semanas em Angola a investigar as causas da doença, tendo inicialmente concluído que ela estava ligada aos alimentos ingeridos pelos populares.
Fale com
UOL Ciência e Saúde

Compara e acha o menor preço

- Câmeras Digitais
- Notebooks - TV LCD - GPS - Auto MP3

UOL Ciência e Saúde no Twitter

Hospedagem: UOL Host