UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

05/06/2004 - 18h38
Morre Ronald Reagan, após uma longa batalha contra o Alzheimer

Los Angeles (EUA), 5 jun (EFE).- Ronald Reagan, que promoveu uma revolução conservadora e contribuiu de forma decisiva para liquidar a Guerra Fria em seus oito anos como presidente dos Estados Unidos, morreu hoje, sábado, aos 93 anos em sua residência de Los Angeles.

Reagan sofreu de Alzheimer durante os últimos dez anos.

Poucas horas antes de sua morte, a Casa Branca havia anunciado em Paris que a saúde do ex-presidente tinha piorado muito nos últimos dias e se temia seu falecimento em breve.

Nancy Reagan, sua esposa, tinha dito hoje mesmo à cadeia de rádio CBS: "isto é o final".

Nas últimas horas, Ron e Patti, os filhos de Ronald com Nancy - o segundo casamento do ex-presidente - tinham ido à sua casa, no subúrbio e Bel Air, em Los Angeles, para ficar ao lado do pai.

"O momento final se aproxima", também disse em Paris uma fonte oficial. O presidente George W. Bush está na capital francesa para assistir aos atos do 60o. aniversário do Desembarque de Normandia.

Reagan, presidente entre 1981-1989, dedicou boa parte de seu mandato a conseguir a vitória contra o comunismo na Guerra Fria e foi uma das figuras mais carismáticas dos EUA nas últimas décadas.

Em 1994, apenas cinco anos após deixar a Casa Branca, Reagan anunciou ao país em uma emotiva carta que sofria de Alzheimer e que começava "o caminho que me levará ao ocaso da minha vida".

Desde então, Reagan levou uma vida cada vez mais reservada, até desaparecer por completo da cena pública.

Em 2001, ele fraturou o quadril por causa de uma queda, e teve de ser submetido a uma intervenção cirúrgica.

Um ano depois, sua esposa Nancy Reagan disse em uma entrevista na televisão que o ex-presidente já não a reconhecia.

Nancy Reagan fez em maio um emotivo pedido ao governo dos EUA, para que incentive as pesquisas com células-tronco no tratamento do Alzheimer e de outras doenças graves que atualmente não têm cura.

"A longa viagem de Ronnie o levou finalmente a um lugar onde não posso alcançá-lo", assinalou Nancy Reagan.

Baseado em justificativas éticas e morais, o governo de George W. Bush restringiu a pesquisa com células-tronco com fundos públicos.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA