UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

26/08/2004 - 19h15
Al Jazira: Jornalista italiano Enzo Baldoni é assassinado

Roma, 26 ago (EFE).- O jornalista italiano Enzo Baldoni, seqüestrado pelo autodenominado "Exército Islâmico do Iraque" há uma semana, foi assassinado nesta quinta-feira, informou o canal de televisão catariano "Al Jazira". Segundo os meios de comunicação italianos, os seqüestradores enviaram um vídeo a essa emissora com a execução de Baldoni, de 56 anos, colaborador da revista italiana "Diario".

A notícia ainda não foi oficialmente confirmada pelo governo de Silvio Berlusconi.

Em um vídeo enviado na terça-feira passada à Al Jazira, os seqüestradores davam um prazo de dois dias para que o governo italiano prometesse retirar suas tropas do Iraque e asseguravam que, em caso contrário, "a segurança do refém não estava garantida".

Além de jornalista, Baldoni trabalhou nos últimos meses como voluntário da Cruz Vermelha italiana e do Crescente Vermelho no Iraque.

O repórter entrou em contato pela última vez com o "Diário" e seus familiares há uma semana, quando estava perto da cidade santa de Najaf.

A hipótese de um seqüestro consolidou-se depois que foi encontrado perto de Najaf um cadáver que está sendo considerado como o de seu intérprete.

Nos últimos dias, redobraram-se os pedidos de libertação do jornalista.

Seus familiares e amigos próximos mostraram-se confiantes de que os seqüestradores levariam em conta o trabalho humanitário feito por Baldoni no Iraque.

O governo de Berlusconi, criticado pelo próprio jornalista em vários artigos por sua postura no conflito iraquiano, também intensificou os contatos para sua libertação, embora tenha ratificado claramente que suas tropas continuarão no Iraque.

Enzo Baldoni é o quinto italiano seqüestrado desde o início do conflito do Iraque, depois que em 13 de abril foram capturados três seguranças desta nacionalidade.

Um deles, Fabrizio Quattorchi, foi decapitado poucos dias depois, enquanto os outros três -Salvatore Stefio, Umberto Cupertino e Maurizio Agliana- foram libertados em 8 de junho em uma operação das forças da coalizão liderada pelos EUA.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA