UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

20/09/2004 - 17h16
Principais furacões que atingiram a América

Redação Central, 20 set (EFE).- O número de vítimas após a passagem da tempestade tropical "Jeanne" pelo Haiti subiu para mais de 500, segundo os últimos dados oficiais divulgados hoje, segunda-feira.

Outras tempestades tropicais (ciclones e furacões) que causaram problemas no Caribe, América Central, EUA e Golfo do México nos últimos anos foram: - Agosto 1980.- Furacão Allen. Caribe. Vinte e oito mortos nos EUA e mais de 200 no Caribe, além de 200.000 refugiados.

- 28 setembro 1980.- Ciclone Herminia. México. Trinta mortos e 175.000 danificados. Vários danos agrícolas.

- 1983.- Furacão Alicia. Costa do Golfo do México. Vinte e dois mortos e 1,3 bilhão de dólares em perdas.

- Setembro 1984.- Furacão Odilia. Acapulco (Guerrero, México).

Quarenta mortos e centenas de desaparecidos.

- Outubro / novembro 1985.- Furacão Juan. Sudeste dos EUA. Causou inundações no estado de Louisiana e deixou 63 mortos.

- Novembro 1985.- Furacão Kate. Golfo do México, Panamá, Cuba, Jamaica e Flórida (EUA). 15 mortos e milhares de refugiados.

- 10 setembro 1988.- Furacão Gilbert. Sudeste do México, Jamaica, Guatemala, Nicarágua, Texas (EUA) e Cuba. Oito bilhões de dólares em perdas e 350 mortos.

- Outubro 1988.- Furacão Juana. Nicarágua. Quinhentos mil afetados e 340 mortos.

- 10/22 setembro 1989.- Furacão Hugo. Caribe e Carolina do Sul e do Norte (EUA). Matou 86 pessoas, 57 delas nos EUA, onde causou mais de 10 bilhões de dólares em perdas materiais.

- 23/26 agosto 1992.- Furacão Andrews. Arquipélago das Bahamas, Flórida e Louisiana (EUA). Um total de 44 mortos e mais de 30 bilhões de dólares em danos materiais só nos EUA.

- 16/23 setembro 1993.- Furacão Gert. América Central, especialmente Honduras e Nicarágua. Um total de 100 mortos, 200.000 danificados. Em sua passagem pelo México, deixou 29 mortos, 125 desaparecidos e 50.000 afetados.

- 8/21 novembro. Furacão Gordon. Caribe e Flórida (EUA). As inundações e deslizamentos deixaram mais de 1.100 mortos no Haiti.

- 3/5 outubro 1995.- Furacão Opal. Costas do SE e Golfo do México, Flórida, Alabama e Geórgia (EUA). Total de 35 mortos e 150.000 afetados.

- 13/16 outubro 1995.- Furacão Roxana. Golfo do México e estados de Tabasco, Campeche, Yucatán e Quintana Roo. Total de 21 mortos, 22 desaparecidos e 40.000 afetados.

- 5 setembro 1996.- Furacão Fran. Carolina do Norte e Virgínia (EUA). As chuvas e as inundações deixaram 37 mortos.

- 28 julho 1996.- Furacão César. América Central: 60 mortos, 12 feridos e 60 milhões de dólares em perdas.

- 9 outubro 1997.- Furacão Pauline. Cidade de Acapulco e estados de Chiapas e Oaxaca. Total de 210 mortos e 150.000 afetados.

- 21-26 setembro 1998.- O furacão Georges causa a morte de mais de 600 pessoas ao passar por Haiti e República Dominicana (onde se registrou a maioria das vítimas), Cuba, Porto Rico e sul da Flórida.

Danos estimados em milhões de dólares e centenas de milhares de pessoas afetadas.

- 26-31 outubro 1998.- O furacão Mitch, o pior do século, deixa mais de 10.000 mortos, 12.000 desaparecidos, aproximadamente 3 milhões de afetados e enormes danos materiais na América Central.

Honduras e Nicarágua foram os países mais afetados, mas Guatemala, El Salvador, Panamá, Costa Rica e Belize também sofreram graves danos.

- 14/16 setembro 1999.- Furacão Floyd. Causou inundações e matou 57 pessoas em uma ampla faixa do nordeste dos EUA, sobretudo na Carolina do Norte e Nova Jérsei.

- 9 de outubro 2001.- Furacão Íris. Vinte e três mortos e mais de 100.000 refugiados, além de danos a centenas de casas após sua passagem por América Central e México. Os países mais afetados foram o Belize, onde morreram 20 passageiros de um navio turístico, Guatemala, com um morto, e México, com outros dois.

- 2-5 novembro 2001.- Furacão Michelle. Seis mortos, 14 desaparecidos e 27.179 danificados em Honduras. Durante sua passagem pela Nicarágua, o Michelle deixou seis mortos, 12 desaparecidos e 5.636 danificados. Em Honduras houve oito mortos e 14 desaparecidos.

Em Cuba, o fenômeno causou a morte de cinco pessoas e deixou mais de 700.000 evacuados, e supôs o maior desastre natural na ilha em mais de meio século.

- 8/15 junho 2001.- Tempestade tropical Allison. Golfo do México e Costa dos EUA. Causou inundações em Houston (Texas, EUA), onde 20.000 pessoas tiveram que ser evacuadas, e 41 mortos no total.

- 18-19 de setembro 2003.- Furacão Isabel: um total de 28 mortos e danos superiores aos dois bilhões de dólares na costa Leste dos Estados Unidos. Carolina do Norte, Virgínia, Pensilvânia e Maryland foram os estados mais afetados.

- 13-14 agosto 2004.- Furacão Charley: 26 mortos, quatro deles em Cuba e 22 na Flórida (EUA), centenas de milhares de afetados e danos estimados em mais de oito bilhões de dólares.

-3-7 setembro 2004.- Furacão Frances. Assolou as Bahamas e passou por Flórida e Geórgia, nos Estados Unidos. Deixou um total de 20 mortos e milhares de afetados. Os danos superam os 10 bilhões de dólares.

-8-16 setembro 2004. Furacão Ivan: deixou quase uma centena de mortes ao passar por vários países do Caribe e pelo sudeste dos Estados Unidos.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA