UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

10/05/2005 - 21h10
Criador do Valium entra para a galeria dos inventores famosos

Nova York, 10 mai (EFE).- Leo Sternbach, criador do tranqüilizante Valium, entrará para a galeria dos inventores famosos no próximo sábado, 42 anos depois de ter inventado o medicamento que já foi o mais receitado do mundo.

Aos 96 anos, o cientista será homenageado junto com outros 14 inventores selecionados neste ano pela National Inventors Hall of Fame Fundation, no Museu de Akron, no estado americano de Ohio.

Todos os anos, esta organização escolhe pessoas que criaram avanços técnicos com sucesso ou cientistas que tornaram possível o desenvolvimento humano, social e econômico.

Sternbach descobriu a benzodiazepina junto com seus colegas Lowell Randall e Earl Reeder, e agora é homenageado pelo mérito de ter melhorado a qualidade de vida de milhões de pessoas graças a um tranqüilizante que facilita o sono e reduz a ansiedade.

Inicialmente, foram criados dois remédios da benzodiazepina: o Librium e o Valium, que se mostraram mais eficazes do que outros que havia no mercado para reduzir o stress e a ansiedade.

Foi o laboratório Roche que, em suas instalações de Nova Jersey, introduziu no mercado o Librium, em 1960, e o Valium, em 1963, que acabou sendo o remédio mais receitado do mundo entre os anos 1969 e 1982.

O sucesso destes dois remédios gerou pesquisas aprofundadas sobre outros tipos de benzodiazepinas, surgindo então novos medicamentos desenvolvidas pela Roche, como o Versed, o Klonopin, o Dalmane e o Lexotan, e por outros laboratórios, como o Atavan e o Xanax.

Sternbach nasceu em Abbazia, hoje parte de Croácia, e obteve doutorado em Química Orgânica na Universidade da Cracóvia, na Polônia, em 1931.

Ele iniciou sua carreira na Roche, na Suíça, em 1940, mas teve de ir para os Estados Unidos devido à ocupação nazista da Europa.

Até o ano passado, Sternbach manteve seu escritório na sede da Roche em Nova Jersey.

Outro importante premiado no sábado será Clarence Birdseye, que no final dos anos 20 desenvolveu um avanço que acabaria mudando a dieta americana e provocando o nascimento de uma grande indústria: a comida congelada.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA