UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

03/06/2005 - 08h33
Cinco mil crianças morrem com doenças diarréicas diariamente

Genebra, 3 jun (EFE).- Cerca de 5.000 crianças menores de cinco anos de idade morrem diariamente por doenças diarréicas, a imensa maioria delas devido à falta de água potável e de serviços sanitários básicos.

Segundo um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apresentado nesta sexta-feira em Genebra, morre 1,9 milhão de crianças ao ano por causa dessas doenças, e 1,6 milhão, por motivos diretamente relacionados à água.

Esse tipo de patologia é muito mais freqüente nos países mais pobres, de modo que uma criança nascida na África subsaariana tem 500 vezes mais chances de morrer de doenças diarréicas do que outro nascido em qualquer país desenvolvido.

De acordo com o relatório citado, os serviços sanitários mundiais têm que atender 138 milhões de pessoas a mais a cada ano, o que quer dizer que em 2015 a população terá aumentado em mais de 2 bilhões de pessoas.

A ONU fixou a meta de se esforçar para conceder até 2015 a 89% da população mundial acesso à água potável e pretende dar a serviços sanitários a 75% da humanidade.

Por isso, a organização internacional calcula que será necessário investir cerca de 11,3 bilhões de dólares anuais (cerca de 9,2 bilhões de euros) para conseguir atingir essas Metas do Milênio.

Trata-se de um investimento "mínimo", segundo o Unicef, se comparado com o benefício que poderá causar à saúde mundial.

O relatório indica que, a cada dólar investido na melhora dos serviços de fornecimento de água, se recupera três dólares, já que são economizados os custos dos sistemas sanitários e melhorados o rendimento escolar, entre outras vantagens para a economia e sociedade local.

Outro exemplo é que, com a melhora do fornecimento de água, consegue-se que as crianças se libertem da necessidade de obtê-la, uma tarefa que, em algumas ocasiões, pode roubá-los várias horas do dia.

Além disso, são reduzidos os custos relacionados à contaminação ou à gestão de resíduos, ao mesmo tempo que se permite um maior desenvolvimento do trabalho rural e a melhora das condições de vida na cidades.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA