UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

14/12/2005 - 09h34
Mulher mais velha do mundo atribui idade a leite de burra e vinho

Por Fernando Arroyo León Guayaquil (Equador), 14 dez (EFE).- María Esther Heredia Capovilla, uma equatoriana de 116 anos, considerada pelo Guinness Book of Records ("Livro dos Recordes") a mulher mais velha do mundo, atribui sua longevidade ao leite de burra e ao vinho.

A idosa mora em um elegante bairro do norte de Guayaquil, em companhia de seu segundo marido, Martín Icaza, embora não tenha perdido o contato com suas filhas Hilda e Irma, com seus 11 netos, 20 bisnetos e duas tataranetas, que a visitam freqüentemente.

Sua casa se transformou desde a última semana em ponto de encontro, especialmente para jornalistas, depois do anúncio do Guinness de que ela era a mulher mais velha do planeta.

"Ela não quis acreditar, ou talvez não tenha entendido que era a mulher mais velha do mundo", disse à EFE sua filha Hilda. Passado o susto inicial, María agora assume esse título com alegria e orgulho, demonstrados a todos os repórteres que comparecem à casa.

María Esther Heredia nasceu em Guayaquil em 14 de setembro de 1889 e é mãe de três filhos, embora outros dois já tenham morrido.

Do alto de seus 116 anos, não usa bengala, adora ver televisão e nunca passou fome, pois pertence a uma das famílias mais ricas e conservadoras da cidade.

No entanto, conserva sua singeleza característica, diz sua filha, que lembra ainda que sua mãe sempre foi uma amante de festas e passeios. "Ela está em perfeitas condições de saúde, não sente dores, não sofre do coração, nem de incontinência, não usa cadeira de rodas. Precisa de ajuda apenas algumas vezes para caminhar, quando já está cansada" avalia a filha.

"Ela lê todas as manchetes do jornal, já que não consegue enxergar as letras menores pois não usa óculos, e gosta de ver televisão, embora às vezes se queixe de cãibras nas pernas", acrescenta Hilda.

E qual é o segredo de sua vida tão longa? "O leite de burra" que consumia em uma fazenda de uma tia e "o vinho" que seu primeiro esposo, o austríaco Antonio Capovilla Oliva, costumava degustar com moderação e que foi incorporado à dieta de Heredia.

"Quando era jovem, esteve mal de saúde e foi levada a uma grande fazenda de uma tia chamada Francisca. Ia para lá quando estava de férias, e tomava leite ordenhado de burra", conta sua filha Hilda, que lamenta que o costume não tenha sido transmitido às novas gerações da família.

"Seu esposo, como bom europeu, também gostava de tomar vinho depois das refeições, e minha mãe também bebia um copo ou outro", declarou Hilda.

O coquetel teria prolongado a vida de María Heredia, diz sua filha, que sugere que, na falta de leite de burra, se consuma leite de cabra, que ainda pode ser encontrado em mercados de Guayaquil.

"Ela ainda toma um pouco de vinho, mas só uma taça ocasional", acrescenta Irma, assegurando que um dos fatores responsáveis pelo fortalecimento de sua longevidade foi "uma vida tranqüila, dedicada a sua família e a seu lar".

María Esther Heredia jamais pensou que seria declarada a mulher mais velha do planeta. Na primeira vez que a informaram da notícia, não quis acreditar.

Para a idosa equatoriana, tal reconhecimento "não poderia ser verdadeiro", pois simplesmente não se sente a mulher mais velha do mundo. Após a incessante chegada de visitantes, no entanto, decidiu encarar o desafio com o melhor dos ânimos.

No início, segundo sua filha Irma, achava que era seu aniversário ou as festas de seu santo, mas depois se deu conta de que "era a mulher mais famosa do mundo por sua idade".

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA