UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

18/09/2007 - 23h27
Tufão "Wipha" chega à China e adia jogo do Brasil no Mundial

Xangai, 19 set (EFE).- O tufão "Wipha", que poderá ser o mais destrutivo da última década na China, chegou na madrugada desta quarta-feira à província de Zhejiang, com ventos de até 45 metros por segundo, depois de as autoridades chinesas terem retirado de suas casas mais de 2 milhões de habitantes.

A chegada do tufão afetou até a seleção brasileira de futebol feminino, que disputa o Mundial na China. O jogo marcado para esta quarta-feira, contra a Dinamarca, em Hangzhou, foi adiado, assim como a disputa entre Noruega e Gana, em Xangai.

Segundo a agência oficial "Xinhua", o "Wipha" chegou à costa chinesa por volta das 2h30 (15h30 desta terça-feira, em Brasília). O primeiro local afetado foi o condado de Cangnan, no município de Wenzhou, um dos principais centros comerciais de Zhejiang.

O "Wipha", que ontem chegou ao grau de "supertufão", com ventos de até 198 km/h, perdeu força antes de atingir o litoral. Ele voltou ser considerado um "tufão severo", com ventos de 180 km/h, segundo os dados mais recentes.

Por enquanto, a única informação sobre os estragos causados em Cangnan é de uma pessoa ferida por cortes causados por vidros quebrados, segundo a televisão de Xangai.

Zhejiang registrou nesta terça-feira chuvas de 162 milímetros cúbicos em algumas cidades. As precipitações elevaram os níveis de água de seus lagos e rios. Em alguns casos, no sudeste da província, por onde entrou o tufão, há risco de transbordamento, segundo o departamento hidrológico regional.

Mais de 2 milhões de pessoas foram retiradas de suas casas nas províncias de Zhejiang e Fujian e no município de Xangai. A segunda maior cidade da China, com cerca de 20 milhões de habitantes, espera o impacto do tufão esta tarde.

O olho do "Wipha" deve entrar em Xangai esta tarde, com chuvas de até 100 milímetros cúbicos e os ventos mais destrutivos da última década na cidade. A sua força será superior à do "Saomai", de 2006, o tufão mais forte na metrópole chinesa desde 1997.



Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA